terça-feira, 27 de março de 2018

Não culpem os pobres

Como um sociopata e corrupto condenado ainda pode ter muitos seguidores, especialmente nas classes mais baixas? Não culpem os pobres, eles nunca definiram o rumo de uma sociedade. O problema está na elite "pensante", esquerdopata até o tutano, nas universidades e redações.
Leandro Ruschel
l

sábado, 24 de março de 2018

STF deu tiro no pé?

A manobra para tentar livrar Lula da cadeia pode ter sido um tiro no pé. A Suprema Corte, que já estava em descrédito, pode ter cavado a própria cova ao ter manobrado para ganhar tempo em decidir o HC que tenta livrar o ex-presidente da cadeia.
"Provavelmente os ministros também quiseram sentir um pouco a reação, não sei se todos, da sociedade e da classe política”, afirmou Daniel Falcão, professor do Instituto de Direito Público, ao Estadão.

A reação de choque, a princípio, pode facilmente se transformar em revolta a partir da segunda-feira, quando o TRF-4 e o juiz Sérgio Moro podem aplicar um contra-golpe fulminante contra essa manobra.Isso porque julgados os embargos de declaração, o juiz da Lava Jato pode emitir e publicar o mandado de prisão contra o ex-presidente. Soaria da seguinte forma: "olha aqui, fizemos o nosso trabalho, estamos apenas aguardando que o STF faça a parte dele."
Seria o mesmo que colocar os ministros da Corte contra a parede. A pressão popular deve aumentar e provavelmente o povo voltará as ruas. 
A manobra para tentar tornar palatável a impunidade de Lula, pode resultar em um gosto amargo a ser digerido pelos ministros golpistas do STF

Como decide o STF

Para o pessoal que acompanha a novela da prisão do Lula, o excelente resumo feito pelo Dr. Luiz P., sobre a votação de hoje no STF:
Não sei se entendi mas o STF como de praxe reuniu-se para decidir. Mas decidiu que antes precisava decidir se podia decidir. Decidiu que podia. Mas decidiu não decidir mesmo podendo decidir. Decidiu que vai decidir outro dia. Mesmo assim decidiu que o Trf4 não pode decidir pela prisão antes da decisão do STF. Foi somente isso ou é um filme de terror?

sexta-feira, 23 de março de 2018

STF - Ladrões de esperanças

O sentimento de frustração que toma conta da gente num momento como esse extrapola nossa capacidade de exprimi-lo em palavras. É uma angústia que aperta o peito e nos faz sentir a Pátria escapar por entre os dedos. Faz-nos ter medo do amanhã, do destino reservado não a nós, que isso não tem mais jeito. Mas a nossos filhos e netos e toda uma geração que vem por ai. Talvez o pior de tudo seja a perda da esperança. Sim, pois a cada vez que somos atingidos por facadas pelas costas – pois é isso que o STF está a nos infligir -, nossa esperança vai-se esvaindo como sangue, tornamo-nos mais fracos, mais impotentes. Ficamos nos entreolhando entre abismados e incrédulos. E nada podemos fazer. Ir para as ruas? Parece que esses protestos só acontecem aleatoriamente, por causas menores, sei lá. Quando é verdadeiramente preciso reagir, mostrar sua força, o brasileiro parece que se acovarda, recolhe-se a seus afazeres, enfia-se num sofá e assiste às redes de TV que também abomina na vã esperança de ver uma Revolução se armar, mas sempre pelas mãos de outrem. Infelizmente aqui não é a Argentina. Nem a França, Alemanha, Inglaterra ou Estados Unidos. Lá fora a história seria diferente. Esses vendilhões teriam de ajustar contas com a multidão enfurecida. Aqui não. Só nos resta a revolta de alguns nas redes sociais. E, pior, ver o sorriso irônico brotando novamente de lábios que estavam quietos, escondendo seus sentimentos calhordas, eis que compactuam com o status quo. Que Deus nos dê coragem para seguir em frente, para lutar com as forças que nos restam, tentado vislumbrar um horizonte um pouco menos nebuloso nesse mar de lama em que fomos metidos. Mas, passado o impacto do golpe, é certo que nossas forças, como Fênix, renascerão das cinzas e continuarão a luta. Calhordas, bandidos, temei! Não desistiremos fácil, não! Ainda não será desta vez!
Percy Castanho Jr. -  www.replicante.com.br

O STF já começou

Conta uma história que havia um burro amarrado a uma árvore.
O demônio veio e o soltou.

O burro entrou na horta dos camponeses vizinhos e começou a comer tudo.

A mulher do camponês dono da horta, quando viu aquilo, pegou o rifle e disparou.

O dono do burro ouviu o disparo, saiu, viu o burro morto, ficou enraivecido, também pegou seu rifle e atirou contra a mulher do camponês.

Ao voltar para casa, o camponês encontrou a mulher morta e matou o dono do burro.

Os filhos do dono do burro, ao ver o pai morto, queimaram a fazenda do camponês.

O camponês, em represália, os matou.

Aí perguntaram ao demônio o que ele havia feito e ele respondeu:
– “Não fiz nada, só soltei o burro”.


Conclusão, Se vc quiser destruir um país, Solte os Burros !
O fajuto STF já começou ...
Pobre Brasil !

É hora de mostrar nossa revolta com o STF

A Corte Suprema está  contaminada por pontuais e nefastas ligações ou partidárias, ou ideológicas ou fisiológicas, com prejuízo da imparcialidade e, em consequência, com perda de legitimidade.
Alguns mostram não ter compromisso nem com a lei, nem com o futuro do Brasil.
É um poço de vaidades, com alguns artistas togados sem o menor bom senso e totalmente  desprovidos de espírito republicano.
Tinham tudo para começar a dar um rumo definitivo a essa série, cuja primeira temporada termina com a prisão de Lula. Um seriado que abala a fé do brasileiro em sua nação. Alguém que tenha um simples neurônio funcionando concorda que ele ainda não esteja preso? Mas ele vai escapar, pois no último degrau da justiça ele é temido.
Ele é sim um condenado protegido e tratado de forma diferente perante a lei.
Ora, suspender um julgamento dessa importância porque uns ministros tinham outros compromissos?  Quem paga aos senhores somos nós e o resultado de suas omissões, interpretações estranhas da lei e demora em julgar cidadãos "iguais a nós" (?), mas com foro privilegiado está nos enojando.
Tudo bem. A justiça é lenta, mas será que se uma Suprema Corte, que tivesse maioria séria e ciente da responsabilidade que tinha em suas mãos,   perderia a oportunidade de hoje?
O resultado foi um abuso  e um desprezo ao cidadão honesto e mais um motivo para aumentar o nosso desprezo pelas vestais togadas de nossa justiça. Uma Suprema Corte trapalhona, que vem perdendo legitimidade e respeito da sociedade. Uma lástima!
"Supremos", como se intitulou um dos senhores, não são os ministros do STF. Supremo é o Lula e os senhores passaram a imagem de marionetes nas mãos de um criminoso condenado.
                                                             
General Luiz Eduardo Rocha Paiva

Com certeza é rabo preso


quinta-feira, 22 de março de 2018

Hitler e a galinha

 Em uma de suas reuniões, Hitler pediu que lhe trouxessem uma galinha.
Agarrou-a forte com uma das mãos enquanto a depenava com a outra.

A galinha, desesperada pela dor, quis fugir mas não pôde.
Assim, Hitler tirou todas suas penas, dizendo aos seus colaboradores:

"Agora, observem o que vai acontecer"

Hitler soltou a galinha no chão e afastou-se um pouco dela.
Pegou um punhado de grãos de trigo, começou a caminhar pela sala e a atirar os grãos de trigo ao chão, enquanto seus colaboradores viam, assombrados, como a galinha, assustada, dolorida e sangrando, corria atrás de Hitler e tentava agarrar algumas migalhas, dando voltas pela sala.
A galinha o seguia fielmente por todos os lados.
Então, Hitler  olhou para seus ajudantes, que estavam totalmente surpreendidos, e lhes disse:
"Assim, facilmente, se governa os estúpidos.
Viram como a galinha me seguiu, apesar da dor que lhe causei?
Tirei-lhe tudo..., as penas e a dignidade, mas, ainda assim ela me segue em busca de farelos."
"Assim é a maioria das pessoas, seguem seus governantes e políticos, apesar da dor que estes lhes causam e, mesmo lhe tirando a saúde a educação e a dignidade, pelo simples gesto de receber um benefício barato ou algo para se alimentar por um ou dois dias, o povo segue aquele que lhe dá as migalhas do dia."
ESSA É A VERDADEIRA REALIDADE EM QUE VIVEM MUITOS NO BRASIL!! !!!!!VEM AÍ A ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE, GOVERNADOR E  DEPUTADOS, É HORA DE ACORDAR, OU VOCÊ AINDA VAI SE CONFORMAR COM MIGALHAS????

Se você leu até aqui e também quer mudanças compartilhe para que mais pessoas usem a cabeça para pensar e não para se deixar alienar. Agora é a hora da resposta.

segunda-feira, 19 de março de 2018

COITADINHA

Na favela o cara só sai candidato a qualquer coisa se fizer acordo com o tráfeco. Quem autorizou a candidatura? O que ela fez de errado ou inapropriado aos olhos dos traficantes?
As investigações já devem estar chegando aos assassinos e não acho que foram policiais.
O que os esquerdistas dirão quando descobrirem a verdade? Vão dizer que é culpa dos capitalistas ou dos imperialistas americanos?
CHEGA DE FALAR DESSA "QUALQUER COISA", AGORA VAI SER SÓ ESQUECIMENTO
O MAIS IMPORTANTE AGORA É A PRISÃO DO BANDIDO MÓR
E FALTAM POUCOS DIAS

domingo, 18 de março de 2018

Eleja, não reeleja

Vamos limpar o congresso, e seu show de horrores, com suas CPIs que terminam em pizza, e seus congressistas corporativistas e arrogantes que se lixam com a opinião pública. Alguns que lá estão são honestos porém covardes. "VAMOS MORALIZAR A INSTITUIÇÃO"

É preciso dar ouvidos aos acusados

Sem medo do de contrariar o "politicamente correto" o Coronel Washington Lee Abe, manifestou sua opinião sobre a comoção popular em torno da morte da vereadora Marielle Franco, executada na última quarta-feira (14).

Confira a carta divulgada por ele próprio, na íntegra:
Por que o mundo inteiro respeita a Polícia? Por que o mundo inteiro precisa da Polícia? Não existe governo, não existe judiciário em nenhum lugar do mundo sem uma polícia. Por que tanta tentativa de transformar essa vereadora em mártir? Ela representa o povo? Que povo? Qual segmento do povo? Do cidadão de bem? 
A Polícia Militar, responsável pela morte de negros e pobres na ordem de 30% no País (segundo a vereadora) é morta por quem? Pelo cidadão de bem? Nós, PM, saímos pelas ruas escolhendo 30% de negros e pobres para matar (hahaha). Quando atingimos a nossa quota diária, vamos completar nossa meta matando brancos, asiáticos e tudo o mais que aparecer na nossa frente. É assim que funciona? E quando morrermos em combate, tentando salvar uma vida inocente que clama pela nossa presença, vamos aguardar pacientemente os políticos, a imprensa, autoridades que estão fazendo todo esse alarde pela morte dessa "pessoa" intitulada vereadora, promotora dos direitos humanos, mãe, homossexual (como ela mesma se apresenta) fazerem também o mesmo alarde exigindo respostas rápidas e firmes das autoridades? O mais incrível é declararem em coro que os matadores "sabiam atirar", insinuando serem policiais. 

Nós, policiais, temos uma missão muito maior do que essa mesquinharia. Somos muito mais do que "isso". Somos a Polícia! 

Coronel Washington LEE Abe - Comandante do 5º Cmdo Regional da Polícia Militar do Paraná

sábado, 17 de março de 2018

Entendam e repassem

Essa vereadora do PSOL NÃO morreu porque "denunciou" os militares no Rio de Janeiro. Isso é mera especulação da esquerda.

A vereadora defendeu uma ação eficiente e continua contra a centralização do tráfico e apontou a ineficiência do ataque ao chamado "tráfico de varejo".

Especula-se que ela foi assassinada por tiros de metralhadora. As forças de segurança pública NÃO têm acesso a essas armas, quem as utilizam são bandidos.

Não dá para afirmar que foi o Estado que a matou. A esquerda já pode parar com o vitimismo e com a hipocrisia. Esperemos para ver a conclusão do inquérito.

DIREITA SÃO PAULO

sexta-feira, 16 de março de 2018

Rio - as coisas estão ficando claras

Por tudo que li e ouvi nos últimos dias tenho convicção que na guerra carioca há dois protagonistas principais
De um lado Psol e outros partidos de esquerda e do outro a PM e as milícias
Creio que as mortes só começaram

Inventaram isso pra beneficiar quem.?

Os condutores que tiverem que renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) terão que passar por um curso de aperfeiçoamento, com carga horária de 10 horas aulas, e depois fazer um exame teórico. A mudança foi publicada no Diário Oficial da União, no último dia 8 de março. A resolução 726/2018 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) substitui a 168/04, e começa a valer em junho deste ano em todo o Brasil.

quinta-feira, 15 de março de 2018

Brasil em guerra civil escancarada

A corrupção sistêmica, a intolerância político-ideológica e o descontrole da violência com fins claramente revolucionários estão gerando a guerra civil escancarada no Brasil. Já sofremos os efeitos diretos do conflito não-declarado, com mais de 60 mil assassinatos por ano. No Rio de Janeiro sob Intervenção Militar na área de Segurança Pública, a execução de uma vereadora do PSOL, “defensora dos direitos humanos”, líder comunitária da região de favelas da Maré, dará mais dimensão internacional ao fenômeno da barbárie brasileira.

Uma esquerda irresponsável, criminosa e totalitária resolveu, definitivamente, investir no discurso canalha de ataque ao Judiciário, ao Ministério Público, às Polícias e às Forças Armadas, na tentativa escrota de relacionar tais instituições com o autoritarismo. O plano deles não é fazer críticas para aprimorar tais instituições e suas imperfeições ou erros. O objetivo claro da canhota revolucionária é apenas desmoralizar os segmentos que resistem contra um projeto claro de implantação de um regime explicitamente totalitário no Brasil.  

A petelândia desvairada está na vanguarda do atraso revolucionário. Seus militantes e meliantes querem tirar o máximo proveito da situação judicial de seu líder máximo Luiz Inácio Lula da Silva. Eles entraram ontem com um novo pedido de Habeas Corpus no Supremo Tribunal Federal, para impedir a inevitável prisão de Lula. Agora, claramente,, querem passar por cima da suprema-presidente Cármen Lúcia para que o novo recurso seja julgado pela 2ª turma do STF, onde atuam ministros que têm cumprido a estranha rotina de ordenar a soltura de bandidos.

As Forças Armadas e os segmentos esclarecidos da sociedade brasileira não podem cair na armadilha da estratégia revolucionária. Os brasileiros honestos não podem perder a oportunidade inédita em nossa História para romper com a estrutura criminosa e implantar as transformações institucionais que a Nação não pode mais adiar. Não podemos tolerar arbitrariedades e muito menos incentivar tendências a isolamentos. O momento é de defesa responsável da Democracia (a Segurança do Direito).

A única saída é uma cirúrgica Intervenção Institucional. A prioridade imediata é reinventar o Brasil e suas instituições corrompidas pelo Crime. As Forças Armadas têm o dever histórico de apoiar e dar sustentação aos grupos organizados que lutam pelo aprimoramento institucional imediatamente. O resto é conversa fiada.

O medo das esquerdas e da mídia satânica é o sucesso da Intervenção que poderá levar às ruas do Rio e do País uma aclamação nacional em louvor às Forças Armadas. com ressonância externa.
Por Jorge Serrão 

FHC, lobo em pele de cordeiro

 abominava FHC no início de sua carreira. Sempre foi um comunista disfarçado de social/democrata, que no fundo é a mesma coisa. Quando se candidatou a Presidente, deu uma guinada para o centro levado, principalmente, por sua equipe econômica. Ai fui obrigado a concordar com ele, pois era a única coisa que nos restava. E, na medida do possível, fez um bom governo, sempre e graças à sua equipe de economistas. Seu mérito foi unicamente deixa-los trabalhar para conter a inflação, abrir o mercado e também aprovar as Leis de Responsabilidade Fiscal. FHC vacilou em muitas oportunidades: não aprovou as reformas necessárias quando teve oportunidade e aprovou sua própria  reeleição de maneira obscura. Mesmo assim, com todos os erros e derrapadas, no geral seu governo foi bastante razoável, com privatizações importantes como a da telefonia. Só que o lobo não perde o vício. Ao deixar a presidência, longe da equipe que lhe refreava os ímpetos esquerdizantes, e com a idade a lhe trazer coragem e lhe destravar as papas da língua, FHC degringolou de vez e o lobo mostrou as garras novamente.  Começou por defender as drogas, dentre as quais se sobressai Lula. FHC vive dizendo que Lula é um grande político, foi um grande presidente e não merece a prisão. Das duas, uma: ou está gagá ou tem o rabo preso no sapo. Ultimamente também anda sugerindo a volta de seu partido (a craca do PSDB) à esquerda, como se já lá não estivesse. Gente como FHC, José Serra (Fundador da União Popular e discípulo de Maria da Conceição Tavares no exílio), Aloysio Nunes Ferreira (pau mandado de Carlos Marighela na Ação Libertadora Nacional) e José Anibal (amigo de Dilma Roussef e companheiro na Organização Revolucionária Marxista Política Operária, também conhecida como POLOP), comunistas de carteirinha, e revolucionários de ocasião, jamais deixarão a esquerda. Fingiram-se de democratas, enganaram os brasileiros - inclusive a mim -, conquistaram o Poder, muitos roubaram como o PT e o PMDB, e agora, se apresentam novamente fantasiados de cordeiros, tentando se manter ou se apossar novamente do Poder nas pessoas de Geraldo Alckmin, Aécio Neves, etc. Como a esquerda mesmo gosta de dizer, “não passarão”. (Percy Castanho Jr.)

www.replicante.com.br, opinião com coragem

segunda-feira, 5 de março de 2018

Amanhã o STJ deverá negar HC ao Lula

Sem se identificar, um ministro do STJ disse a O Globo que a Quinta Turma deve negar, no julgamento de amanhã, o “habeas corpus preventivo” que Lula pediu.
O ministro prevê que seja mantido o mesmo entendimento de um julgamento feito em março do ano passado, no qual o STJ considerou —por unanimidade— que é possível prender alguém após condenação em segunda instância.
“Caso o tribunal confirme a expectativa, isso não significa que Lula será preso logo. A decisão de expedir ordem de prisão será tomada somente depois que o TRF-4 concluir o julgamento de um recurso apresentado pela defesa contra a condenação”, escreve o jornal carioca

Título Merecido

Procurador da Lava Jato chama
a colunista Mônica Bergamo da
Folha de “Porta voz de colarinhos
brancos condenados”

domingo, 4 de março de 2018

Do presidenciável Henrique Meireles

"O Brasil precisa de:
Mais trabalho e menos discurso
Mais competência e menos improviso
Mais responsabilidade e menos demagogia
Mais união e menos briga política
Mais razão e menos frases bombásticas
Mais austeridade e menos desperdício
Mais sociedade e menos estado"

Foi um ótimo discurso

sexta-feira, 2 de março de 2018

O que eu disse de errado?


Desde que comecei a minha experiência como motorista de aplicativos, estabeleci como regra básica o seguinte: Jamais discutir sobre religião e política com o passageiro. Dentro do carro o passageiro é apenas passageiro. Tanto faz se ele é macumbeiro, crente, santo Daime,  Fé Bahai, satanista ou  o diabo a quatro. Da mesma forma que não faz diferença se ele é petista, pessolista, peessedebista, peemedebista, vigarista, punguista ou qualquer outro "ista". Suas opções, mesmo as sexuais, não me competem.
.
Entretanto, há casos que não podem ficar sem alguma resposta, e isso aconteceu comigo exatamente ontem.
.
Estava eu no bairro de Botafogo, quando um dos aplicativos tocou para uma corrida. Dirigi-me até o Humaitá, no endereço marcado, e lá embarcou uma bela jovem com destino à Tijuca..
.
Mostrando-se simpática, a jovem me perguntou:
.
- O senhor está vendo algum efeito dessa intervenção federal na segurança?
.
Respondi de forma cortês que ainda era muito cedo pra se observar algum efeito, mas que acreditava que sim, alguma mudança haveria de ser produzida. Com um indisfarçável  desdém de quem acredita que apenas por eu estar dirigindo um carro seria eu um ser acéfalo, a moça retruca:
.
- Quanta inocência sua, meu senhor! Eu sou jornalista e tenho acompanhado tudo a esse respeito. A única coisa que esse governo golpista quer, é fazer uma plataforma eleitoral para enganar os inocentes como o senhor.
;
Quando a moça falou "governo golpista", foi como se uma luz de alarme tivesse acendido no painel do carro: {PETISTA DETECT!}. Matei a charada na hora. Diz o ditado que a melhor resposta a ser dada a um idiota, é fazê-lo pensar que é esperto. Ele se enrola na própria corda. Fazendo-me de bobo, perguntei:
.
- E por que a senhora pensa isso?
.
Sua resposta foi ainda mais estarrecedora...
.
- Porque esse governo fascista da elite e racista só vai prender preto e pobre!   .
.
Se por acaso se tratasse de uma passageira ignorante, com pouca escolaridade e uma revoltada fabricada por doutrinações, eu teria ficado quieto e não daria corda para a conversa. Mas uma jornalista? Estava aí a grande diversão da coisa. Foi então que, me fazendo de mais bobo ainda, perguntei:
.
- Mas e se o policial que abordar um preto for um preto, será racista? Porque se o policial que geralmente é pobre abordar um pobre, ele não estará sendo elitista, a senhora concorda?
.
A minha pergunta parece ter irritado a moça. Sem saber direito o que dizer, ela saiu pela tangente com outra afirmação:
.
- Mas segurança não se faz com violência e isso é um reflexo desse governo golpista. Se querem mudar alguma coisa, tem que acabar com a pobreza. É por isso que o Lula tem que voltar! Ele foi o que mais fez, faz e vai fazer pelos pobres, e só ele vai tirar o povo dessa miséria.
.
Nessa hora estávamos saindo do túnel Rebouças e descendo pelo Rio Comprido para entrar na Dr. Satamini. Apontei para uma favela que há logo acima do túnel, e disse:
;
- Se a senhora perguntar aos moradores dessa favela, há quanto tempo eles moram aí, a maioria vai dizer que uns 30 ou 40 anos. Por que é que nos 8 anos do Lula e 6 da Dilma eles não foram morar no Leblon, ou pelo menos em Botafogo?
.
Mais uma vez a moça ficou sem resposta. Seguiu-se um breve silêncio. Senti que a estava colocando numa saia justa e resolvi deixá-la respirar um pouco, para em seguida perguntar:
.
- A senhora acha que o Lula vai mesmo ser eleito, tendo sido condenado por roubo?
.
Notei que nessa hora ela ficou meio furiosa e respondeu rispidamente:
.
- Roubo? O senhor entende de política? Todos eles roubam, meu senhor! O Lula roubou, mas pelo menos fez muita coisa!
.
Ouvir aquilo foi como levar um chute no estômago. Fiquei envergonhado de ser brasileiro. Ao entrar na Doutor Satamini, perguntei à moça:
.
- Quando a senhora pediu a corrida pelo aplicativo, quanto era a estimativa de preço?
.
- Acho que R$ 18,72.
.
Dei um sorriso e em tom de brincadeira falei:
.
- Se na chegada eu cobrasse da senhora R$ 187,20, o que a senhora diria?
.
- Eu diria que o senhor é um ladrão e estaria me roubando. Te levaria pra primeira delegacia que houvesse!
.
E eu respondi, ainda rindo:
.
- É, mas eu estou transportando a senhora num carro novo, limpo, confortável e com toda a segurança! Logo, eu estaria roubando mas estou fazendo!
.
- É diferente! - disse ela. - Essa é a sua obrigação e eu não tenho que pagar mais nada por isso!
.
- É... Então a senhora está certa. Lula foi eleito para fazer aquilo que seria a obrigação dele, no entanto o roubo dele pode ser relevado e até perdoado porque hipoteticamente "fez". Mas se eu agir da mesma forma, aí a coisa fica diferente...
.
Cruzávamos as ruas da Tijuca, quando fiz minha última pergunta:
.
- Essa situação me remete a um texto que vi na internet, chamado "SOCORRO! PAPAI VIROU PETISTA!", em que o pai chega em casa e faz o filho provar do próprio veneno, fazendo-o viver as consequências daquilo que ele quer para os outros, mas não pra si. A senhora já viu esse texto?
.
- Sim! Já vi com o idiota do Nando Moura, no Youtube. Uma bobagem só.  Quem escreveu aquilo não pode ser normal. Deve ser doido.
.
Não toquei no assunto,  A moça, visivelmente irritada,  resolveu dar fim à conversa. Não falou mais nada. Chegamos ao  destino, agradeci a ela pela viagem e fiz a cobrança:
.
- São R$ 18,00. Não precisa dar os centavos. É tão bom quando a gente cumpre aquilo que se propõe sem precisar roubar ninguém, não é?

Antes que ela saísse do carro, falei:
.
- Ah... Sobre aquele texto "SOCORRO, PAPAI VIROU PETISTA", eu sou o Marcelo Rates Quaranta, o "doido" e "anormal" que escreveu aquela "bobagem".
.
A moça saiu e nem me deu boa noite!
.
O que eu disse de errado pra ela?

ENTENDENDO O 9 DE JULHO

ENTENDENDO O 9 DE JULHO por Ivan César Belentani Capitão da Polícia Militar do Estado de São Paulo. O dia 9 de julho se tornou feriado n...