segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Nota oficial da ex-Presidenta Dilma sobre a morte de Fidel Castro

"Ele morreu; mas morreu porque viveu e só morreu quando chegou ao fim; mas, sistematicamente, uma coisa muito importante. E o que é? É que não morre só ele, morre todo mundo que deixou a vida também. Porque se ele morrer, não vai viver, nem morrer, ninguém vai morrer nem viver, vai morrer todo mundo.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados