terça-feira, 18 de outubro de 2016

Barroso perdoa Dirceu

Luis Roberto Barroso acatou parecer da PGR e validou o indulto concedido por Dilma Rousseff a José Dirceu em 2015. Com a decisão, o ex-ministro se livra da sentença de 7 anos e 11 meses de prisão, por corrupção passiva, no caso do mensalão.

Rodrigo Janot recomendou a extinção da punição, apesar de Dirceu ter sido condenado na Lava Jato. É um absurdo.

Fonte: O Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados