sábado, 1 de fevereiro de 2014

Centenas de suspeitas de fraudes em urnas eletrônicas usadas no Brasil põe em dúvida a legitimidade das eleições

Você confia nas urnas eletrônicas? Tem ou não tem cambalacho nisso?
Hacker Adolescente mostra como burlou urna eletrônica no Rio de Janeiro Acompanhado por um especialista em transmissão de dados, Reinaldo Mendonça, e de um delegado de polícia, Alexandre Neto, um jovem hacker de 19 anos, identificado apenas como Rangel por questões de segurança, mostrou como — através de acesso ilegal e privilegiado à intranet da Justiça Eleitoral no Rio de Janeiro, sob a responsabilidade técnica da empresa Oi – interceptou os dados alimentadores do sistema de totalização e, após o retardo do envio desses dados aos computadores da Justiça Eleitoral, modificou resultados beneficiando candidatos em detrimento de outros – sem nada ser oficialmente detectado. 
Mas, como???
“A gente entra na rede da Justiça Eleitoral quando os resultados estão sendo transmitidos para a totalização e depois que 50% dos dados já foram transmitidos, atuamos. Modificamos resultados mesmo quando a totalização está prestes a ser fechada”, explicou Rangel, ao detalhar em linhas gerais como atuava para fraudar resultados. (Fonte: Viomundo)

Leia mais: http://folhacentrosul.com.br/geral/2871/centenas-de-suspeitas-de-fraudes-em-urnas-eletronicas-usadas-no-brasil-poe-em-duvida-a-legitimidade-das-eleicoes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados