segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

RELEMBRANDO - Caso Cachoeira


Em fevereiro de 2012, a operação Monte Carlo, da Polícia Federal, revelou as íntimas relações do bicheiro Carlos Cachoeira com influentes políticos do Centro-Oeste, tanto da oposição como da base aliada. O senador goiano Demóstenes Torres (ex-DEM), figura de proa da oposição, foi o primeiro atingido. Uma série de gravações apontou que um dos mais combativos políticos do Congresso usava sua influência e credibilidade para defender os negócios de Cachoeira em troca de ricos presentes. Também se complicaram parlamentares de pelo menos seis siglas (PT, PSDB, PP, PTB, PPS e PCdoB), três governadores (o petista Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, o tucano Marconi Perillo, de Goiás, e o peemedebista Sérgio Cabral, do Rio) e a Delta, de Fernando Cavendish, empreiteira com maior número de obras no PAC.  As revelações levaram à abertura de diversos inquéritos no STF, STJ e na Justiça Federal de Goiás e à criação de uma CPI no Congresso, presidida por Vital do Rêgo (PMDB-PB) e relatada por Odair Cunha (PT-MG).
Frases 
  • Os dois vêm cá para amarrar os bigodes comigoCláudio Abreu, ex-diretor regional da Delta, em conversa com Carlinhos Cachoeira, sobre os dois mais poderosos colaboradores do governo petista Agnelo Queiroz, do Distrito Federal
  • Marca uma p... com eles amanhã aqui em Goiânia. Aí eu chamo as meninasCarlinhos Cachoeira, em resposta a Abreu
  • Fala, professor!Demóstenes Torres, senador (ex-DEM-GO), em conversa com Carlinhos Cachoeira
  • Excelente, doutor. Obrigado!Carlinhos Cachoeira, em diálogo com Demóstenes
  • É meu amigo. É uma figura conhecida em Goiás, simpática com todo mundo, é um empresário daquiDo senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), sobre Carlinhos Cachoeira
  • Se eu botar 30 milhões na mão de políticos, sou convidado para coisas para 'c...'. Pode ter certeza disso!Fernando Cavendish, presidente da Delta Construções
  • A oposição já é limitada, e esse episódio cria constrangimento e cala uma das vozes fortes da oposição.Do líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias, sobre o envolvimento do senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) com Carlinhos Cachoeira
  • O Policarpo nunca vai ser nosso...Carlinhos Cachoeira, sobre o diretor da sucursal de VEJA em Brasília, Policarpo Junior, em conversa com o araponga Jairo Martins
  • Dá o dinheiro para o cara, meu irmão!Idalberto Matias, o Dadá, em conversa com Cláudio Abreu, ex-diretor da Delta, sobre o pagamento de propina para garantir a indicação de um aliado no governo do Distrito Federal
  • Bicho, é o seguinte: a gente tem que molhar a mão de alguém lá, entendeu? Os caras não fazem no amor, tem que dar um café pros caras.Idalberto Matias, o Dadá, sargento da Aeronáutica, combinando com Carlinhos Cachoeira o suborno a um funcionário de uma operadora de telefonia celular, de modo a garantir grampos ilegais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados