sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Incompetência de Roseana Sarney alcança o ápice na esteira da crise do sistema prisional do Maranhão

roseana_sarney_26Radiografia do caos – Roseana Sarney tem conseguido com incrível maestria perpetuar a incompetência do clã político liderado por seu pai, senador José Sarney, que em cinco décadas transformou o Maranhão no mais miserável estado brasileiro. O desgoverno que se instalou no Palácio dos Leões, sede do Executivo estadual, é tão acintoso, que as disparidades sociais no Maranhão cresceram de maneira impressionante nos últimos anos.
Um dos exemplos dessa incompetência está materializado na crise que se instalou no sistema prisional maranhense, que tem sido palco de mortes e fugas ao longo de 2013. O Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na Grande São Luís, registrou somente neste ano 59 mortes, muitas delas resultantes da violência que marca os presídios brasileiros.
A falta de capacidade para governar de Roseana, mais uma integrante da burra elite maranhense, fica evidente no caso da verba (R$ 22 milhões) enviada pelo governo federal para investimentos no sistema penitenciário local, mas a governadora não soube o que fazer com o dinheiro, que acabou sendo devolvido aos cofres da União. No momento em que o Maranhão assiste ao clima de terror que se instalou no Complexo de Pedrinhas, surge a notícia de mais uma barbaridade com a chancela dos Sarney.
O governo de Roseana Sarney divulgou nota informando que há nos cofres maranhenses pelo menos R$ 130 milhões para investimentos no sistema prisional, mas até agora ninguém conseguiu explicar as razões para esse dinheiro não ter sido utilizado, assim como o repassado pelo Ministério da Justiça.
Fonte: Ucho Info

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados