segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

CorrupSão Paulo - Gigantes do setor da construção estão na lista de propina da Quadrilha do ISS

A lista de empreendimentos suspeitos de pagamento de propina para os fiscais que integram a quadrilha do Imposto Sobre Serviços (ISS), cuja existência foi divulgada na sexta-feira passada incluindo shoppings, um hospital e fundações, aponta que a capital paulista deixou de arrecadar R$ 29 milhões em impostos. A relação dos empreendimentos suspeitos, que soma 410 construções, foi divulgada para a imprensa na tarde desta segunda-feira, 9. 
 
O lista foi elaborada, segundo as investigações, pelo fiscal Luis Alexandre Cardoso de Magalhães, que em uma das gravações obtidas durante as investigações dizia ter "transtorno obsessivo compulsivo", anotando o valor de impostos devido pela obra, o desconto dado mediante pagamento de propina, os valores repassados para cada integrante da quadrilha e o valor pago pelos empreendimentos para os cofres da Prefeitura.
Os valores recolhidos ao poder público batem com os de uma outra lista, cuja existência foi divulgada pelo Estado, que elenca os empreendimentos fiscalizados pelos integrantes da quadrilha e que, antes da ação do grupo, deviam ao menos R$ 2 milhões em impostos.
O Ministério Público fechou na manhã de hoje um acordo com a Polícia Civil para obter ajuda nas investigações. "Cada um desses 410 empreendimentos é um caso de corrupção que tem de ser investigado", diz o promotor de Justiça Roberto Bodini, que lidera as investigações.
Fonte: Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados