segunda-feira, 18 de novembro de 2013

ZÉ DIRCEU: Do céu do Planalto ao inferno da prisão

Um anfíbio. Assim o ex-ministro José Dirceu se definiu em uma entrevista ao falar sobre sua trajetória, a adolescência como office-boy, as múltiplas funções na carreira pública, a militância política e a vida na clandestinidade durante a repressão. O termo pode explicar também como o ex-chefe da Casa Civil, que, segundo amigos e inimigos, aspirava suceder ao então presidente Lula, despencou do céu do Planalto para o inferno da condenação a dez anos e dez meses de prisão.

POIS É SEU ZÉ:
UM DIA EU ACREDITEI EM VOCÊ, 
"VOTEI EM VOCÊ", 
MAS VOCÊ É UM LIXO!
DE TODOS VOCÊ É O QUE MAIS MERECE ESTAR NA PAPUDA
SUA CONDENAÇÃO FOI JUSTA.
CONDENADO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados