quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Mensalão Tucano - A hora e a vez do ministro Luís Roberto Barroso, relator


Agora a bola está com o ministro Luís Roberto Barroso, relator do "mensalão tucano"


Agora que os condenados na Ação Penal 470, o chamado "processo do mensalão", já estão cumprindo suas penas, chegou a hora de cobrarmos a isonomia perante as leis, como está gravado na Constituição do Brasil.
Que se julgue com a mesma presteza e rigor o processo do chamado "mensalão mineiro", que é anterior, e deu origem, ao que envolveu alguns líderes do PT condenados na Ação Penal 470.
A diferença é que o 'mensalão mineiro" envolve políticos do PSDB, como o ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo, o pai do "mensalão tucano". De resto são os mesmos personagens: Marcos Valério, Banco Rural...
O pau que bateu em Genoíno e Dirceu, tem de bater com a mesma força em Azeredo e os seus.
Com o porrete o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Alberto Barroso, relator do "mensalão mineiro". Vamos cobrar, ministro, ah!... se vamos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados