quinta-feira, 14 de novembro de 2013

CorrupSão Paulo - Auditor relatou que Aurélio Miguel recebia dinheiro

O vereador Aurélio Miguel (PR) durante sessão plenária da Câmara Municipal em São Paulo (Foto: André Bueno/Estadão Conteúdo)O promotor Roberto Bodini afirmou na tarde desta quarta-feira (13) que o nome do vereador Aurélio Miguel (PR) foi citado em depoimento do auditor fiscal Eduardo Horle Barcellos, investigado por suspeita de fraude no Imposto sobre Serviços (ISS). Segundo Barcellos, o também auditor Ronilson Bezerra Rodrigues, apontado como chefe da fraude, contou que dava "muito dinheiro" ao vereador. “Ele disse que, em determinada data, conversou com Ronilson e que Ronilson disse que precisava mudar o número do celular e que naquele número havia muitas ligações do Aurélio Miguel. Estaria registrado, então pretendia mudar o número do celular. Ronilson teria falado que dava dinheiro para o Aurélio Miguel”, disse Bodini, relatando o depoimento de Barcellos. Em nota, a assessoria de Aurélio Miguel disse que o ex-judoca teve relação exclusivamente "institucional" com o auditor Ronilson Bezerra Rodrigues (veja íntegra abaixo). "É incoerente tentarem apontar ligações escusas entre o vereador Aurélio Miguel e o funcionário público citado, visto que em 2010, Aurélio representou a gestão Kassab e suas Secretarias de Habitação e Finanças ao Ministério Público Estadual por conta da falta de apuração quanto às irregularidades apontadas na CPI do IPTU no ano anterior e também pela perda de arrecadação em torno de 100 milhões", afirma a nota. O vereador foi presidente da CPI do IPTU na Câmara de São Paulo em 2009. Gravações indicam que o grupo de fiscais também é suspeito de fraudar o IPTU.

Aurélio Miguel diz que teve apenas relação 'institucional' com suspeito. Auditor diz que companheiro de fraude relatou pagamentos ao vereador.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados