quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Irregularidades na formação do Solidariedade, o partido de Paulinho da Força

 Estão mais do que claras as denúncias de irregularidades cometidas na formação do Solidariedade, o partido de Paulinho da Força, o homem dos incríveis 38.750 votos (0,63%) nas últimas eleições para a prefeitura de São Paulo. Depois dos servidores do Senado que descobriram os próprios nomes em listas que nunca assinaram, o repórter João Valadares, deste Correio, revelou que o partido tentou passar um morto, o ex-servidor José Washington Chaves, no rol de apoio para criação da legenda. A ficha foi registrada no cartório da Asa Norte, em Brasília. Falta algo mais para uma investigação minuciosa? (Leonardo Cavalcanti – Correio Braziliense – 05/10)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados