quinta-feira, 10 de outubro de 2013

As decisões do STF já não são mais definitivas

 “Esqueça que as sentenças do STF. pelo senso comum mais elementar, são definitivas, já que não existe nenhuma outra corte de Justiça acima dele; no Brasil não é assim que as coisas funcionam, e o tribunal supremo, quando lhe dá na telha, pode decidir que não é supremo e julgar de novo o que já tinha julgado. 
J.R. Guzzo, jornalista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados