quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Isso é novidade por aqui?

Na séria e conceituada União Européia, um eurodeputado alemão tornou públicas as provas de que em 7,2 mil casos seus colegas assinaram a lista de presenças logo de manhã e foram embora para casa, recebendo sem trabalhar.

Falta corrupção?

Na China os eleitores da cidade de Dingmei foram às ruas protestar contra a falta de corrupção eleitoral. Em diversas entrevistas, os moradores declararam sempre ganhar dinheiro e presentes dos candidatos, algo que não aconteceu nas últimas eleições em função de uma promessa religiosa feita por estes, e que desagradou a todos.

No Reino Unido isso é novidade?

No Reino Unido, anunciou-se que os eleitores que comparecessem às eleições locais seriam premiados com televisores, iPods e até vales para compras de supermercado. Diante da repercussão na imprensa, o governo inglês defendeu-se dizendo que a ideia já era utilizada nos EUA, onde são distribuídas até galinhas para os eleitores. 

Precisamos de algo assim aqui em nosso país

A curiosa Constituição do Arkansas (EUA) prevê que “nenhuma pessoa idiota ou maluca pode votar”. Sugeriu-se, recentemente, uma mudança nesta lei, proibindo que idiotas se candidatem a cargos públicos.  

As eleições empataram em Cave Creek, EUA. A solução?


Decidiu-se a vaga através de um jogo de baralho! Fiquei pasmo ao ver a fotografia do juiz da cidade embaralhando as cartas diante dos dois candidatos ao cargo.

Willie Bean se candidatou à prefeitura de Fairhope (EUA)



Trata-se de um cachorro da raça Labrador. 
A população de Fairhope é de 12.000 habitantes

Aqui nós temos Tiririca.
Eleito em um estado de mais de 43 mi de habitantes

Não é complexo de vira lata, 
nós somos vira latas !

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Todos clamamos pelo fim da corrupção. A solução?

Começa pela educação, caminha pela formação ética e culmina na composição do caráter.
Carlos Roberto Sabbi, professor universitário de Caxias do Sul

A corrupção

“A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa”.
 Jô Soares

Os cafezinhos do Superior Tribunal Federal custaram – de janeiro a junho deste ano – R$ 70,5 mil aos cofres públicos

Na hora da compra, é exigido que seja café de primeira qualidade, 100% arábica

Valdemiro Santiago quer superar Edir Macedo nas eleições do ano que vem




  • O pastor Valdemiro Santiago
    O pastor Valdemiro Santiago
Valdemiro Santiago, líder da igreja Mundial, prestes a perder a Rede 21 e seu horário na Bandeirantes para a Universal de Edir Macedo, trabalha agora em duas frentes. Primeiro, em tom de desespero, tem pedido dinheiro dos fiéis para continuar com a "obra" da igreja. E, segundo, já se movimenta para aumentar a sua base em Brasília e em outros cenários importantes.
O apóstolo Valdemiro pretende, simplesmente, triplicar seu número de políticos nas eleições de 2014. Como se observa, além dos horários na TV, ele tem esse outro grande objetivo, para fazer frente à Universal. A guerra pelo voto, pelo lado religioso, também promete fortes emoções.
Durante sua programação no domingo, chamou atenção o momento em que Valdemiro Santiago disse ter recebido um recado de Silvio Santos. "Mandou recado pra mim?!". Nesse momento, as câmeras se voltam para Herbert de Souza, que mostra uma foto em que o repórter aparece com o dono do SBT. O teor da mensagem não foi revelado.
Por: José Carlos Nery

terça-feira, 29 de outubro de 2013

SEM COMENTÁRIOS - 'Mendigo deveria virar ração para peixe'

Comentário foi feito por José Paulo, do PT do B, durante sessão na Câmara.

Comissão de ética do partido vai convocá-lo a prestar esclarecimentos.


Vereador José Paulo, o Russo (PT do B), de Piraí, RJ (Foto: Reprodução/YouTube)Vereador José Paulo deu declaração polêmica em
sessão da Câmara (Foto: Reprodução/YouTube)
Uma declaração do vereador José Paulo Carvalho de Oliveira, o Russo (PT do B), gerou polêmica em Piraí, no Sul do Rio de Janeiro. Durante sessão ordinária da Câmara Municipal, ele declarou que é contra o voto de moradores de rua. "Mendigo não tem que votar. Mendigo não faz nada na vida. Ele não tem que tomar atitude nenhuma. Aliás, eu acho deveria até virar ração para peixe", disse.
O comentário foi feito no dia 8 de outubro, em uma discussão sobre os 25 anos da Constituição Federal. O vídeo foi publicado no perfil de uma rede social, administrado pela Câmara Municipal de Piraí. Clique e assista ao vídeo (José Paulo começa a discursar a partir do minuto 46).
Em 12 minutos de pronunciamento, ele também se posicionou a favor da pena de morte. "Quando acabaram com a pena de morte, eu achei uma pena isso. Deveria haver pena de morte. 'Ah, vai matar inocente'. Não vai. Ainda que matasse, ia morrer muito menos inocente do que morre hoje, porque se um bandido soubesse que ele ia ser morto, com certeza ele ia pensar mais um pouquinho antes de fazer as coisas", discursou.
Procurado pelo G1, o presidente do PT do B em Piraí, César Mackenzie, disse que o partido só vai se pronunciar após o esclarecimento oficial de José Paulo. "Uma comissão de ética do partido vai convocá-lo a prestar esclarecimentos e só depois disso nós vamos ter uma posição", disse Mackenzie, que informou também que ainda não há uma data definida para que o vereador se explique das declarações.
José Paulo, de 48 anos, foi eleito em 2012 com 322 votos e cumpre seu primeiro mandato. A reportagem do G1 tentou entrar em contato com o parlamentar, mas ele não retornou as ligações até a publicação desta reportagem
.

O novo e-mail do governo é:

planalto@lheira.gov.br

Deve haver escondida nos subterrâneos do Congresso, uma escola de malandragens, golpes, perfídias e corrupção.

Não é possível que tantos congressistas ja nasçam com tanto conhecimento acumulado.

Pensando bem.... qualquer dia até os papagaios no Brasil vão falar corruptaco, corruptaco.

A única diferença entre o político e o ladrão é que o primeiro a gente escolhe e o segundo escolhe a gente

Mudou o apelido do avião do Lula. Agora é Arca de Noé: só entram os sobreviventes do Delúbio.

Renan vai ao mercado


Senador agora abastece a despensa com dinheiro do próprio bolso

Abra o olho HADDAD, a MARTAXA SE FERROU ASSIM

Datafolha: 89% dos paulistanos são contra aumento do IPTU

vereadores
Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira pelo jornal Folha de S.Paulo aponta que 89% dos paulistanos são contrários ao aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). O instituto ouviu 690 pessoas na última sexta-feira.
Na quinta, a Câmara Municipal aprovou a elevação no tributo proposta pelo prefeito Fernando Haddad (PT): trinta vereadores votaram a favor, dezoito contra e houve duas abstenções. O teto de elevação para imóveis residenciais será de 20%, e para comerciais, de 35%. O projeto ainda seguirá para segunda votação no plenário.
Os entrevistados foram indagados com a seguinte pergunta: Você é a favor ou contra o aumento do IPTU entre 18% e 24% na cidade de São Paulo?  Metade deles (52%) disseram que pagam o IPTU, ante 40% que afirmaram morar em imóveis isentos do imposto. Oito por cento não soube responder se paga ou não a cobrança. Apenas 5% se mostrou favorável ao aumento.
A margem de erro do levantamento é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.
Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/politica/governo-haddad/datafolha-89-dos-paulistanos-sao-contra-aumento-do-iptu/

terça-feira, 22 de outubro de 2013

HADDAD, AMANHÃ A CÂMARA VAI DECIDIR O SEU FUTURO AQUI EM SÃO PAULO !

Quando o amigo é espião


Agora é a vez de o governo francês fazer o que Dilma Rousseff fez no mês passado: chamar o embaixador norte-americano para dar explicações sobre o megaesquema de espionagem da NSA (sigla para a Agência de Segurança Nacional).Vai dizer que a prática é "totalmente inaceitável", conforme antecipou o chanceler francês Laurent Fabius. É o mesmo blá-blá-blá empregado pelas vítimas do esquema anteriormente apontadas. Não que o blá-blá-blá seja dispensável ou incorreto. É necessário, mas não resolve o problema.O que resolveria seria a segunda parte da cobrança antecipada por Fabius: "Temos que ter certeza, muito rapidamente, de que isso não acontecerá de novo".É isso. Será que nem aliados tão importantes dos EUA, como Brasil, Alemanha, França e México, não têm força para exigir que Washington dê fim ao monitoramento?Afinal, "isso não se faz entre parceiros, não se faz entre amigos", como declarou o ministro alemão do Exterior, Guido Westerwelle, ao apoiar a queixa francesa.Dilma já havia dito, quando foi ela quem se viu no centro das revelações sobre espionagem, em setembro, que o esquema não visa só o terrorismo (o que, aliás, seria compreensível), mas está voltado para negócios e política interna.As novas revelações mostram, como diz o "Monde", que o "esquema de intrusão em vasta escala" afetou também "os segredos das maiores firmas nacionais".Nem era preciso explicitar: bastava saber que, em menos de um mês (entre 10 de dezembro de 2012 e 8 de janeiro de 2013), foram grampeados 70,3 milhões de telefonemas trocados por franceses. Ora, se terroristas fossem capazes de trocar esse tsunami de chamadas telefônicas em tão pouco tempo, já teriam tomado o poder não apenas em Estados falidos mas em Washington, Paris, Londres, Brasília e por aí vai.Até dá para entender a paranoia norte-americana com o terrorismo. Entende-a quem viu a destruição provocada pelos atentados de Nova York em 2001. Nenhum país, por fraco que fosse, se conformaria em ter sua cidade mais simbólica tão cruel e duramente afetada.Mas, entre vigiar potenciais terroristas e o esquema de espionagem em larga escala, há um abismo.É o que estão dizendo não adversários dos EUA, mas seus aliados mais firmes na Europa e dois parceiros estratégicos nas Américas, como Brasil e México.Os Estados Unidos acabaram criando um sistema clandestino, que chamam de pesos e contrapesos, uma das maravilhas da democracia norte-americana quando usada nas relações Executivo/Legisltivo/Judiciário.Comenta Andrew Rosenthal, editor de Opinião do "New York Times": "Agora, a NSA, a CIA e a Casa Branca usam o termo para se referir a uma organização secreta que revê as ações que ela [a NSA] tem tomado e decide, em segredo, se elas são legais e constitucionais".Está mais do que na hora de acabar com esse esquema, sob pena de se criarem "sombras" (como o então chanceler Antonio Patriota disse à época) sobre as relações dos EUA com o mundo todo.
crossi@uol.com.br
clóvis rossi
Clóvis Rossi é repórter especial e membro do Conselho Editorial da Folha, ganhador dos prêmios Maria Moors Cabot (EUA) e da Fundación por un Nuevo Periodismo Iberoamericano. É autor de obras como "Enviado Especial: 25 Anos ao Redor do Mundo" e "O Que é Jornalismo". Escreve às terças, quintas e domingos na versão impressa de "Mundo" e às sextas no site.

sábado, 19 de outubro de 2013

Piauienses e Paraenses por que vocês ocupam a 24ª posição no IDH de nosso país? Leiam no final os possíveis motivos!


Ranking IDHM Unidades da Federação 2010

Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento -http://www.pnud.org.br/atlas/ranking/Ranking-IDHM-UF-2010.aspx

Ranking IDHM 2010Unidade da
Federação
IDHM 2010IDHM
Renda
2010
IDHM Longevidade 2010IDHM Educação 2010
1 ºDistrito Federal0,8240,8630,8730,742
2 ºSão Paulo0,7830,7890,8450,719
3 ºSanta Catarina0,7740,7730,8600,697
4 ºRio de Janeiro0,7610,7820,8350,675
5 ºParaná0,7490,7570,8300,668
6 ºRio Grande do Sul0,7460,7690,8400,642
7 ºEspírito Santo0,7400,7430,8350,653
8 ºGoiás0,7350,7420,8270,646
9 ºMinas Gerais0,7310,7300,8380,638
10 ºMato Grosso do Sul0,7290,7400,8330,629
11 ºMato Grosso0,7250,7320,8210,635
12 ºAmapá0,7080,6940,8130,629
13 ºRoraima0,7070,6950,8090,628
14 ºTocantins0,6990,6900,7930,624
15 ºRondônia0,6900,7120,8000,577
16 ºRio Grande do Norte0,6840,6780,7920,597
17 ºCeará0,6820,6510,7930,615
18 ºAmazonas0,6740,6770,8050,561
19 ºPernambuco0,6730,6730,7890,574
20 ºSergipe0,6650,6720,7810,560
21 ºAcre0,6630,6710,7770,559
22 ºBahia0,6600,6630,7830,555
23 ºParaíba0,6580,6560,7830,555
24 ºPiauí0,6460,6350,7770,547
24 ºPará0,6460,6460,7890,528
26 ºMaranhão0,6390,6120,7570,562
27 ºAlagoas0,6310,6410,7550,520

Piauienses e Paraenses DIVULGUEM: Lista de deputados e senadores com pendências no Supremo Tribunal Federal

A relação abaixo traz os nomes dos senadores e deputados federais que, segundo levantamento feito pela Revista Congresso em Foco entre 13 de junho e 14 de agosto de 2013, respondiam a acusações criminais no Supremo Tribunal Federal (STF). Todos os parlamentares foram procurados, mas nem todos prestaram esclarecimentos. Veja quem são os parlamentares acusados, quais são as acusações e a íntegra de suas explicações.

Comentário feito pelo Sr. Fernandes no Congresso em Foco

Piada é o que os deputados dizem, estão em outra realidade.
Dilma foi sincera e disse que não conseguia ler os cartazes. Outra grande deficiência dela é ouvir.

Explicando melhor o porque da revolta:
513 deputados federais.
Mais de 1.000 deputados estaduais,
5.500 prefeitos
mais de 60.000 vereadores,
135.000 cargos comissionados.
Todos políticos, poucos tecnicos.
Muitas mordomias fazem com que vivam em outro Brasil.
Se algum “desta classe” foi pego corrompendo, poe ser demitido, mas duas semanas depois já esta em outro cargo público.
Portanto, eles ganham dinheiro alto, tem mordomias, privilégios e quem paga é o Povo Brasileiro. Sugam 40% do suor de cada trabalhador. E o retorno? Educação, saúde, infraestrutura etc? Nossos políticos ou são corruptos, ou incompetentes, ou os dois.
No final gasto mais com governo do que com minha filha.

IPTU 2014 em São Paulo (capital) - Ferra o PT

Aprovação de Haddad cai

por FELIPE PATURY

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (Foto: Marcos Bezerra/ Futura Press)
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, poderá ser um peso para a campanha do PT ao governo do Estado. Foi o que concluiu o comando do PT, depois de analisar os resultados de pesquisas de opinião feitas na capital. Esses levantamentos mostram que a aprovação do prefeito caiu até nos extremos sul e leste da capital, tradicionais redutos petistas. Não há indicação de que essa tendência mude antes de 2015, quando os investimentos projetados por Haddad deverão se tornar mais visíveis para a população. Tarde demais para ajudar o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a chegar ao Palácio dos Bandeirantes.

Quem busca entender o que ‘as ruas’ estão precisando, nem deveria estar assumindo cargo de político, nem sei como se elegeu. É a prova cabal que têm suas vidas em uma outra dimensão.

Um comentário feito pelo Sr. Evair, no CONGRESSO EM FOCO.

Ministros do TCU têm supersalários acima do teto

Ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) acumulam rendimentos que extrapolam o teto constitucional e recebem até R$ 47 mil por mês

O ministro José Múcio Monteiro Filho
Ministro José Mucio tem o maior rendimento
Brasília - Responsáveis pelo corte de supersalários no Congresso, ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) acumulam rendimentos que extrapolam o teto constitucional, hoje fixado em R$ 28.059,29, e recebem até R$ 47 mil por mês.
Ao menos quatro titulares da corte de contas se apoiam numa resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), válida para integrantes do Judiciário, e somam ao contracheque do tribunal as aposentadorias obtidas como congressistas.
Em decisões aprovadas nos últimos dois meses, os integrantes do TCU mandaram a Câmara e o Senado corrigirem suas folhas de pagamento e limitarem ao teto constitucional os salários de 1,5 mil servidores - o valor corresponde à remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). No TCU, cada um dos ministros recebe R$ 26.656,32 brutos hoje.
Valores
Levantamento feito pelo Estado nos portais de transparência do Congresso mostra que o presidente da corte, Augusto Nardes, recebeu em setembro mais R$ 11,5 mil como aposentado da Câmara, alcançando R$ 38,1 mil brutos por mês. Nardes foi um dos principais articuladores da decisão que cortou os salários no Congresso. No mês passado, após o TCU determinar ajustes na folha do Senado, classificou de injustas e inaceitáveis as diferenças salariais.
"O Brasil precisava acabar com os supersalários. Não podemos continuar com salários diferenciados, com pessoas ganhando salários de marajás e pessoas ganhando salário mínimo. Acho que o Senado e a Câmara estão entendendo que é hora de dar um basta pelas necessidades que temos", afirmou na ocasião o presidente.
Entre os integrantes da corte de contas, o maior rendimento é de José Múcio Monteiro, que acrescenta ao salário de ministro R$ 20,6 mil da aposentadoria de deputado. Os dois contracheques dele somam R$ 47,3 mil. Em seguida, aparece José Jorge, também egresso da Câmara, com rendimentos totais de R$ 46,6 mil. Já o ministro Valmir Campelo, que se aposentou como senador, recebeu no mês passado R$ 9,5 mil além do salário de ministro, totalizando um vencimento de R$ 36,2 mil.
Explicações
O TCU alega que os ministros do tribunal se enquadram numa exceção à regra geral que impede acumulações desse tipo. Em nota, o tribunal explicou que a Resolução 13 do CNJ, que disciplina o teto para a magistratura, exclui do limite constitucional "benefícios percebidos de planos de previdência instituídos por entidades fechadas, ainda que extintas".
As aposentadorias de ex-deputados e ex-senadores eram pagas até 1997 pelo Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC), considerada uma entidade fechada. Naquele ano, a instituição foi extinta e a União assumiu todas as suas obrigações. Na prática, os pagamentos saem hoje do mesmo cofre que paga os benefícios de qualquer cidadão brasileiro.
Ministros do TCU não são integrantes do Judiciário, mas a Constituição dá a eles as mesmas prerrogativas e vantagens de integrantes do Superior Tribunal de Justiça. Por esse motivo, eles se vinculam, com frequência, a normas do CNJ que asseguram vantagens à magistratura.
"Os magistrados do TCU estão amparados pelas disposições da resolução do CNJ e, portanto, os proventos por eles recebidos como ex-parlamentares não devem ser computados para fins de incidência do teto remuneratório", sustenta a assessoria do TCU, em nota. Para Claudio Weber Abramo, diretor executivo da Transparência Brasil, organização criada para combater a corrupção, os titulares do TCU se valem de um "macete" para escapar do teto constitucional.
"É evidente que se trata de um subterfúgio para acumular os dois rendimentos. É uma situação que, ela própria, já privilegia os magistrados. Os ministros entram por um macete, como é típico", critica. "Estão recebendo acima do teto pelos cofres públicos e é isso o que interessa. No fim das contas, a determinação do teto está sendo descumprida", acrescenta. A situação cria distinções até mesmo no plenário do tribunal. Aposentado como servidor pelo Senado, com remuneração bruta de R$ 44 mil, o ministro Raimundo Carreiro não pode, segundo o TCU, acumular o benefício ao salário recebido no tribunal, pois a Constituição veda a acumulação no seu caso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fernando Collor (PTB-AL) O que há sobre o parlamentar no STF

O ex-presidente da República ainda responde na Justiça a acusações que o levaram a deixar o Palácio do Planalto em 1992, quan­do sofreu um processo de impeachment. Em 2008, a Procuradoria-Geral da República recomendou ao STF a condenação de Collor na ação penal 465, por peculato (desviar ou apropriar-se de recursos públicos), corrupção passiva e falsidade ideológica. O caso, porém, ainda não foi julgado pelos ministros. Segundo a denúncia, Collor e outros seis réus receberam propinas de empresários da área de publicidade beneficiados por licitações fraudulentas entre 1990 e 1992, período em que ocupava a Presidência da República. O dinheiro, de acordo com a acusação, era depositado em contas de “laranjas”,  administradas pelos réus para pagar contas pessoais, faturas de cartões de crédito e pensões a filhos de relacionamentos extraconjugais.

O que diz o parlamentar
Sem esclarecimentos.

São os 17 brasileiros que os EUA querem prender - entre eles Maluf e seu filho Flavio


São Paulo – Como deputado federal, Paulo Maluf (PP-SP) tem seu gabinete no Congresso com as regalias habituais que cabem aos políticos do país. Mas um privilégio comum a outros brasileiros, Maluf não tem: viajar ao exterior.
Dinheiro, claro, ele tem. Mas desde 2010, Maluf integra a lista vermelha da Organização Internacional de Polícia Criminal, mais conhecida como Interpol.
Junto com ele, outros 19 brasileiros suspeitos de cometeram diferentes crimes são procuradas pela justiça norte-americana para responder a processos por lá. 
legislação brasileira proíbe que essas pessoas sejam deportadas caso estejam em território nacional. Se encontradas no exterior, porém, podem ser presas e levadas aos Estados Unidos, que querem julgá-las.
Todos desta lista, portanto, não foram condenados até o momento pela justiça dos EUA.
A Interpol pede que, caso tenha informações sobre algum dos nomes, envie um email à agência.

Clique nas fotos para conferir os 17 brasileiros, incluindo Maluf e seu filho, que estão nesta situação. Três nomes foram excluídos por EXAME.com por terem mais de três nacionalidades ou por não estarem com fotos no site da Interpol.

A ministra que não sabe rir

tarja-governo-dilma
A ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário já escolheu seu mais recente inimigo: um blogueiro anômimo que, sob a alcunha de Joselito Müller, divulga piadas em formato de notícias – falsas – na internet. A Polícia Federal recebeu nesta sexta-feira o pedido de abertura de inquérito para investigar o autor de um texto humorístico sobre a ministra. A investigação deve ter início na segunda-feira. Maria do Rosário se irritou quando a página divulgou um texto atribuindo a ela declarações favoráveis a um ladrão de motocicletas que foi baleado por um policial militar paulistano na semana passada; as imagens correram a internet. A petista deixou evidente que entende tão pouco de humor quanto de liberdade de expressão: anunciou que recorreria à PF para descobrir o autor da troça e exigir que a página saísse do ar. A ministra declarou guerra, portanto, a um blog humorístico amador, que não esconde de seus leitores o fato de produzir notícias falsas – como “Chico Buarque recusa convite para substituir Bell Marques no Chiclete com Banana” e “Carla Perez escreverá coluna literária no The New York Times“. Maria do Rosário tentou se explicar em uma nota à imprensa: “Sou defensora plena da liberdade de expressão, mas a manipulação é inadmissível”. A frase pode ser traduzida como “Sou contra a censura, desde que eu não seja contrariada”.E não custa lembrar: foi a mesma Maria do Rosário quem lançou na internet a ilação de que oposicionistas estavam por trás dos boatos sobre o fim do Bolsa Família. A ministra não se retratou nem quando a Polícia Federal descartou a hipótese.
Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/politica/uncategorized/84877/

Políticos do Brasil pesam 6 vezes mais no bolso que dos EUA

Prédio do Congresso Nacional em Brasília
Congresso Nacional, em Brasília: norte-americanos e ingleses gastam muitas vezes menos de suas próprias riquezas para manter o poder Legislativo

A estrutura montada para manter deputados e senadores custa seis vezes mais para os brasileiros que o Congresso dos EUA para os norte-americanos

São Paulo – O Brasil gasta seis vezes mais de sua própria riqueza para manter o poder Legislativo funcionando que os Estados Unidos, nove vezes mais que o Reino Unido e 11 vezes mais que a Espanha. A conclusão é da ONG Transparência Brasil, em estudo que compara o custos de casas legislativas em 12 países desenvolvidos e emergentes.

A pesquisa mostra que 0,19% do PIB nacional é usado para manter o Congresso. Ou seja, de cada 100 reais produzidos aqui, 19 centavos vão para o Legislativo federal.
O número pode parecer pequeno, mas colegas americanos e ingleses gastam bem menos: 0,03% e 0,02%, respectivamente (veja tabela completa abaixo).
Além disso, a cada minuto que passa, são gastos 16,1 mil reais com toda a estrutura existente para manter o trabalho de deputados e senadores. Dos 12 países analisados, o valor só não é maior que dos Estados Unidos.
O problema nisso é a desproporção. Os norte-americanos até gastam 10% a mais por minuto – 17,8 mil reais - mas têm uma economia quase seis vezes mais rica.
A conta utiliza o critério de paridade do poder de compra, que procura neutralizar os efeitos docâmbio na conta.
Confira os dados completos na tabela abaixo:
PaísCusto do respectivo Congresso em relação ao PIB (%)Congresso brasileiro custa quantas vezes mais?Custo por minuto do Congresso em 2013Custo de cada parlamentar em 2013
Brasil0,19R$ 16,1 milR$ 14,3 milhões
Argentina0,141,3x maisR$ 2,5 milR$ 4 milhões
Itália0,091,9x maisR$ 7 milR$ 3,93 milhões
Portugal0,082,3x maisR$ 800R$ 1,8 milhão
Chile0,062,8x maisR$ 942R$ 3,1 milhões
México0,062,9x maisR$ 4,7 milR$ 3,97 milhões
França0,044,7x maisR$ 3,4 milR$ 1,96 milhão
EUA0,036x maisR$ 17,8 milR$ 17,5 milhões
Canadá0,026,7x maisR$ 1,5 milR$ 1,9 milhão
Alemanha0,026,8x maisR$ 3,3 milR$ 2,5 milhões
Reino Unido0,028,9x maisR$ 1,7 milR$ 635 mil
Espanha0,0110,9x maisR$ 958R$ 820 mil


Fonte: Revista Exame

ENTENDENDO O 9 DE JULHO

ENTENDENDO O 9 DE JULHO por Ivan César Belentani Capitão da Polícia Militar do Estado de São Paulo. O dia 9 de julho se tornou feriado n...