segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Mais um espertalhão no congresso -

Mandetta também aluga carros de empresas sem sede

Deputado do DEM-MS é mais um que aluga carros de locadoras pouco conhecidas, que têm como sede imóveis onde não se vê nenhum vestígio da atividade comercial declarada

Beto Oliveira / Ag. Câmara
Mandetta disse, por meio da assessoria, que fez a escolha pelo "menor custo" e de forma a "prestigiar o comércio local, especialmente as microempresas"
Uma velha casa, com a pintura desgastada, onde antigamente funcionou uma floricultura e atualmente é uma modesta residência, consta nos registros da Receita Federal como sede da Renove Rent a Car, de Campo Grande (MS). Outra casa na capital sul-mato-grossense também está registrada como sede da ML Veículos Rent a Car e Turismo.
Em comum entre elas, o fato de alugarem veículos mediante pagamento da Câmara dos Deputados; não apresentarem nenhum vestígio de funcionamento no local de uma empresa de locação de automóveis; nem atenderem a um mandamento básico do marketing nos dias atuais, que é divulgar a sua marca e seus serviços por meio de uma página na internet – despesa acessível até para o mais humilde dos empreendimentos.
Despesas do gênero são pagas pela Câmara através da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), mais conhecida como cotão.
Quem escolheu as duas locadoras foi o deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS). Entre 2011 e 2013, ele gastou mais de R$ 56 mil com o aluguel de veículos nas duas empresas. A Renove foi contratada apenas em 2011. Foram feitos três pagamentos totalizando quase R$ 10 mil. Já a ML Veículos recebeu o restante dos valores desembolsados, em sete repasses entre 2011 e 2013. A Renove Rent a Car é de propriedade de Olíbio Balbueno, e a ML Veículos pertence a Míria Pinto Balbueno.
Segundo informações repassadas por escrito pela assessoria de imprensa do deputado, os veículos variam de acordo com a necessidade, mas em geral são alugados carros do modelo Gol. “Os veículos são locados para atender à necessidade de deslocamento do deputado e assessoria na capital e para os municípios do interior”, afirma a nota (veja a íntegra).
De acordo com o gabinete do parlamentar, “o critério de escolha da empresa de locação é baseado inicialmente no levantamento de preço”. “Entre as empresas que apresentaram menor custo para a mesma categoria de veículo, opta-se por prestigiar o comércio local, especialmente as microempresas”, diz o deputado, por intermédio da assessoria.
Ela acrescentou que Mandetta aluga atualmente um Gol de uma terceira empresa, a Rental Locadora de Bens e Veículos Ltda., também sediada em Campo Grande, no seguinte endereço: Rua Joaquim Murtinho, 2080, bairro Chácara Vendas. “A empresa foi selecionada pelos mesmos critérios das anteriores”, completa a nota.
A assessoria não comentou por que o parlamentar optou por contratar locadoras que não divulgam o seu trabalho e funcionam em casas residenciais.
Médico, especializado em Ortopedia Pediátrica, Mandetta tem 48 anos e está no seu primeiro mandato político. Antes, presidiu a Unimed de Mato Grosso do Sul (de 2001 a 2004) e foi secretário municipal de Saúde de Campo Grande (de 2005 a 2010).
Desde 11 de agosto o Congresso em Foco tem publicado uma série de histórias relacionadas com o uso discutível da cota parlamentar. Uma delas envolve o senador Paulo Bauer (PSDB-SC). Os demais casos são de deputados federais, de diferentes partidos políticos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados