terça-feira, 3 de setembro de 2013

Caso Donadon é 'maior dano' da história da Câmara

  • O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, recebe o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves
    O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, recebe o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves
Depois de se reunir por cerca de 20 minutos com o ministro Joaquim Barbosa, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), na tarde desta terça-feira (3), o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Câmara, afirmou que a manutenção do mandato do deputado-presidiário Natan Donadon (ex-PMDB-RO) foi o "maior dano" que a Casa Legislativa causou na sua história.
"Estou naquela Casa há 42 anos", disse. "Claro que enfrentamos ditadura, passamos por momentos difíceis (...) mas o dano maior que essa Casa sofreu em sua imagem de credibilidade foi na última quarta-feira [quando o mandato de Donadon foi mantido]. Eu tenho o dever de lutar para que isso não mais aconteça", disse Alves.
Ontem, o ministro Luís Roberto Barroso, em decisão liminar, suspendeu a decisão da Câmara que manteve o mandato de Donadon. A decisão vale até o pleno do Supremo julgar o mérito da ação.
Fonte: Congresso em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados