domingo, 22 de setembro de 2013

Rafinha Bastos faz piada com José Dirceu e é condenado a prisão perpétua


By Piaui Herald



CQC – Em avaliação da sociedade brasileira, de Hugo Chavez e da família Castro, o humorista Rafinha Bastos passou completamente dos limites ao fazer um trocadilho com o ex-Ministro da Casa Civil José Dirceu. O incidente ocorreu em um bar na Mooca, onde Rafinha tomava um chope com amigos que, ao rirem da piada, foram autuados como cúmplices.
O delegado Ernesto Ribamar, responsável pela operação policial, ficou tão aturdido com o que ouviu que demorou a dar voz de prisão. "Ele já fez troça com mulheres estupradas, sugeriu orgias com celebridades grávidas, disse-se disposto a participar de bacanais com anões tetraplégicos e, pasmem, chegou mesmo a fazer acordos com políticos do PR. Tudo isso é grave, mas passível de compreensão. Rafinha teve uma infância difícil. Nada, porém, explica brincar com José Dirceu”, disse um perplexo Ribamar.
O blogueiro Rômulo Assevedo se declarou chocado com o episódio. "O humor é um atraso para o Brasil. Vejam se Castelo Branco contava piadas quando decidiu libertar o país em 1964."
Setores moderados do PT pediram o apedrejamento de Rafinha, seguido de enforcamento na Praça da Sé, mas Ribamar foi enfático em sua decisão de não ferir os preceitos republicanos que norteiam a nação: "Somos um país civilizado que caminha a passos céleres em direção ao modelo bolivariano. Nada de execuções sumárias. Tomei o cuidado de decretar a prisão perpétua do Sr. Bastos, em caráter irrevogável, e encaminharei ao Congresso uma mudança na Constituição para que os comediantes percam o direito de habeas corpus", elucidou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados