quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Dinheiro público bancou maconheiros da USP

Os maconheiros da USP, que invadiram e depredaram o prédio da reitoria, foram financiados por dinheiro público. O Partido da Causa Operária (PCO), que incitou e deu suporte à confusão, recebeu só este ano R$ 360 mil do fundo partidário, da Justiça Eleitoral. A Conlutas, central sindical que bancou R$ 39 mil para fiança dos detidos, recebe R$ 15 mil mensais do sindicato dos docentes do ensino superior.

Fonte: http://www.jb.com.br/claudio-humberto/noticias/2011/11/12/dinheiro-publico-bancou-maconheiros-da-usp/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados