quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Jornal da Igreja Universal é multado por acusar Xuxa de satanismo

Folha Universal terá de pagar 150.000 reais à apresentadora da Globo, que, segundo reportagem, teria vendido a alma ao demônio por 100 milhões de dólares

Xuxa, apresentadora da TV Globo

Xuxa processou o jornal da Igreja Universal (TV Globo/Divulgação)

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a Editora Gráfica Universal, vinculada à Igreja Universal do Reino de Deus, a pagar 150.000 reais de indenização por dano moral à apresentadora Xuxa Meneghel, que em texto do jornal Folha Universal foi acusada de praticar o satanismo.

De acordo com a sentença publicada nesta segunda-feira, o jornal da igreja fundada pelo bispo Edir Macedo acusou a apresentadora de "satanismo", afirmando que ela teria vendido a alma para o demônio por 100 milhões de dólares.

"Toda liberdade deve ser exercida com responsabilidade, o que a Folha Universal parece não saber, embora ironicamente seja um jornal de uma igreja", afirmou a juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro na sentença. A magistrada qualificou o texto da reportagem como "estapafúrdio" e sua manchete como "sensacionalista" e acrescentou que não contém "nada de informação", mas "especulação".

Além da multa, a Folha Universal terá que publicar um comunicado declarando que "Xuxa afirma que tem profunda fé em Deus e respeita todas as religiões".


Um comentário:

  1. Ela pediu demais.

    No Brasil está tudo muito caro mesmo.

    Nós não daríamos 100 MILHÕES rsrsrsr.

    Pensamos que é a infRação na inflação.

    O comprador deve ter trabalhado no Congresso Nacional Brasileiro, ou deve ter sido Presidente do Brasil, para ter esse dinheiro todo. Militar ele não foi, com certeza. 100 milhões.

    NO BRASIL TEM DE TUDO, TEM RAINHA, TEM PEDRO MALASARTE, E DIABO MASCATE.

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados