quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O Barco da Dilma esta fazendo água


A luz amarela no PT

por Cristiana Lôbo


A redução da vantagem de Dilma Roussef sobre José Serra, apontada pelo Ibope na pesquisa desta quarta-feira, acendeu o sinal de alerta na campanha do PT. A preocupação é redobrada diante da observação do Ibope de que, mesmo com o placar de 53% para Dilma e 47% para Serra não é possível afirmar quem seria o vencedor caso as eleições fossem hoje.

Desde o momento em que a disputa foi para o segundo turno- e não liquidada no primeiro como indicavam as pesquisas – um debate interno se instalou no partido de Dilma. A principal reclamação foi a de que na campanha faltou o debate político e sobre marketing. O publicitário João Santana foi para a berlina, e passou a ser criticado até mesmo pelo presidente Lula – o responsável por sua indicação para comandar a campanha petista.

O PT tem algumas como preocupações neste momento como dosar três aspectos da campanha: a presença do presidente Lula nos programas eleitorais; o debate sobre o tema religião, aí incluído o debate sobre aborto e, por fim, a reação da candidata que surpreendeu no último debate ao partir para cima do oponente, José Serra.

– É como tempero na comida. Se for usado em excesso, desanda e se for pouco demais, fica insosso – disse um parlamentar.

Os petistas se esforçam para afirmar que continuam otimistas quanto à possibilidade de vitória de Dilma Rousseff, apesar de as pesquisas mostrarem que ela está perdendo pontos; e Serra, lentamente, ganhando novos eleitores. Mas, internamente, o ambiente é de preocupação. Um dos dados internos que preocupam os petistas é que as pesquisas mostram que 16% dos eleitores admitem que ainda podem mudar o voto – e se, neste momento, mudam saindo de Dilma, isso poderia ser um sinal preocupante para a pestista.

– A campanha está zerada política e eleitoralmente – reconheceu um petista, o que o comando da campanha não admite, neste momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados