sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Mais um roubo do ditador venezuelano

A mais recente expropriação feita por Chávez deixa ainda mais claro seu caráter socialista e ditatorial. Segundo a Folha de S. Paulo (26/10) e O Estado de S. Paulo (27/10), o presidente venezuelano nacionalizou uma filial da empresa americana Owens Illinois, que é lider na produção de recipientes de vidro, alegando, como sempre, que a empresa vem “explorando a Venezuela”.

Como se tudo isso não bastasse, anunciou que existe uma “lista” de empresas a serem desapropriadas. Além disso, ameaçou os bancos privados que não colaborarem com “o país” – leia-se, com o socialismo chavista.

Desde 2009 cerca de 10 bancos foram liquidados ou estatizados. Várias empresas foram simplesmente roubadas (pois esse é o termo que melhor define expropriação).

E ainda há gente que quer impor o “Socialismo do Século XXI” no Brasil!

Um comentário:

  1. Tenho certeza absoluta que duas coisas preocupam o presiMENTE em sua habitual loucura: 1) Não conseguiu -não por falta de tentativas- impor esse lixo de socialismo aqui em nosso país; 2)O temor de perder as eleições, muito embora, a exemplo do 2° turno de 2006, as urnas já estejam devidamente preparadas para desviar os votos da marina silva, como fizeram com os da heloisa helena!

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados