quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Este país é uma piada de TIRIRICA - Temos candidatos Ex-presos. Acredita?

Ex-presa - Wilma Magalhães (PTB). Concorre a uma vaga de deputada distrital no Distrito Federal. Wilma passou seis meses presa em um presídio em Brasília, acusada de evasão de divisas, após ser condenada em primeira instância.

Ex-preso - Carlos Magno (PP). Concorre a vaga de deputado federal em Rondônia. Foi um dos presos da Operação Dominó, da Polícia Federal, em 2006, que desbaratou um esquema de desvio de recursos públicos da Assembleia Legislativa de Rondônia.

Ex-preso - Ney Santos (PSC). Disputa vaga à Câmara por São Paulo. Esteve preso entre 2003 e 2005 por roubo. O ex-detento é acusado de usar postos de gasolina, uma empresa de factoring e uma ONG para lavar dinheiro. Também é acusado de ter ligação com a principal facção criminosa de São Paulo, o Primeiro Comando da Capital (PCC). Na semana passada, ele conseguiu um habeas corpus na Justiça que revogou o pedido de prisão temporária expedido contra ele no último dia 17. Operação da Polícia Civil contra o candidato indica que ele movimenta R$ 6 milhões por mês com uma rede de 15 postos de combustíveis. Desde que deixou a prisão, segundo a polícia, ele acumulou patrimônio de R$ 100 milhões. Os bens do candidato estão bloqueados pela Justiça.
Fonte: Congresso em Foco

Um comentário:

  1. Orientem-se Paulistas!!! Deputado tem autoridade para criar e aprovar Leis, me diz com que competência um analfabeto pode criar Leis sem ter nenhuma noção em DIREITO. Isso serve para todos os POLÍTICOS DE BAIXA ESCOLARIDADE. Protesto ou não, eu sou contra todos os políticos que exerçam atividades fora da política, principalmente os famosos que levam vantagem sobre o eleitorado e os empresários que, se vocês observarem bem na história política deste País, são os mais envolvidos em escândalos de corrupção. Quando eleito são muito bem remunerados, por isso devem se dedicar a política integralmente, afinal, POLÍTICOS NÃO SÃO VOLUNTÁRIOS. Outro detalhe é: Deputados, Senadores, são funcionários públicos! Nós meros cidadãos pagadores de impostos para se candidatar a uma vaga decente de concurso público, precisamos comprovar escolaridade em NÍVEL SUPERIOR, e se aprovado, não somos autorizados a exercer atividades extracurriculares, portanto PAULISTAS, ORIENTEM-SE!!!! Conseguimos aprovar a Lei de ficha limpa com 26 milhões de assinaturas em todo o país, agora é a vez de banir os FAMOSOS, EMPRESÁRIOS E ANALFABETOS.

    QUER SER POLÍTICO? ENTÃO ESTUDEM!!! IGUAL OU MAIS QUE NÓS.

    ISSO PODE NÃO SER A SOLUÇÃO, MAS GARANTO QUE VAI MELHORAR.

    ESTÁ FALTANDO IDEOLOGIA NA POLÍTICA E IDEOLOGIA SÓ SE ENCONTRA NA MENTE DE PESSOAS JOVENS E CULTA. PORQUE INSISTEM EM ELEGER SEMPRE AS VELHAS RAPOSAS.

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados