terça-feira, 1 de junho de 2010

Renan comanda resistência à renúncia de Sarney - Lembra disso?

sexta-feira, 31 de julho de 2009, 21:45 - Estadão Online

Estratégia é pôr a tropa de choque do PMDB para se revezar no Senado e denunciar erros da oposição

Renan Calheiros traça estratégia BRASÍLIA - Decidido a comandar a resistência à possível renúncia do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), ao cargo, o líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), resolveu esticar a corda e partir para cima da oposição. A estratégia é pôr a tropa de choque do PMDB para se revezar na tribuna do Senado, a partir desta segunda-feira, quando acaba o recesso parlamentar, denunciando ininterruptamente erros da oposição, em particular do líder do PSDB na Casa, Arthur Virgílio (AM). No início da semana, o PMDB promete entrar com três a quatro representações contra o tucano no Conselho de Ética do Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados