quarta-feira, 23 de junho de 2010

Ficha Suja - Garotinho nega


O ex-governador Anthony Garotinho, que está inelegível, falou com exclusividade a VEJA.com, depois de ser julgado mais uma vez inelegível. Nesta quarta-feira, foi a vez do ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negar o pedido para anulação de sua inelegibilidade. Ele foi considerado ficha suja pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) por abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação social nas eleições de 2008.
Veja.com
Agora Garotinho aguarda um recurso que será julgado no tribunal fluminense na segunda-feira. Se for negado, ele irá recorrer novamente ao TSE. Apesar do impasse na Justiça, Garotinho está confiante sobre sua candidatura ao governo do Rio de Janeiro pelo PR. E repete incisivamente que não é um ficha suja.

O senhor é um ficha suja?

Não, porque tenho todas as minhas contas aprovadas. Não tenho nenhuma condenação criminal. Meu caso é de uma entrevista de rádio na qual sou acusado de propaganda antecipada. Se isso é motivo para me condenar, tem que condenar grande parte dos políticos que estão disputando o pleito.

Como avalia o julgamento do TSE?

A decisão é um absurdo, equivocada. E o ministro Marcelo Ribeiro não indeferiu, na verdade fizeram adiar quando souberam que iam antecipar julgamento da segunda-feira.

O senhor acha que ainda tem condições de ser candidato?

Estou confiante de que o TSE fará justiça, não fará julgamento político como ocorreu no TRE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados