quarta-feira, 26 de maio de 2010

Tuma Júnior - PF instaura inquérito em Brasília


'Estado' revelou ligações do secretário nacional de Justiça com Paulo Li, um dos chefes da máfia chinesa em

A Polícia Federal confirmou nesta terça-feira, 25, a abertura de inquérito para investigar o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, por supostos crimes contra a administração pública. A investigação será feita em Brasília. Um segundo inquérito foi aberto para investigar como o Estado obteve informações da investigação sigilosa que resultou nas suspeitas sobre o secretário.

AE - Agência Estado

Nesta terça, chegaram à capital federal os documentos que servirão de base para o inquérito. O pacote inclui relatórios, cópias de e-mails, gravações telefônicas e material apreendido pela Polícia Federal durante as investigações que deram origem à Operação Wei Jin, destinada a mapear um esquema de contrabando de celulares chineses que movimentava R$ 12 milhões por ano.

http://caranovanocongresso.blogs.sapo.pt/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados