sexta-feira, 14 de maio de 2010

Mensalão - O chefe da quadrilha continua a se manifestar


Zé Dirceu, deputado caçado e réu no processo do MENSALÃO, continua a se manifestar sobre a política nacional, agora envereda pela economia.
Dirceu: 'Tucanos não têm autoridade para falar de juros'
ADRIANA FERNANDES - Agência Estado
Ao comentar as críticas do pré-candidato à Presidência José Serra (PSDB) sobre o atraso na redução dos juros pelo Banco Central (BC) durante a crise mundial, o ex-ministro da Casa Civil e integrante da direção do PT José Dirceu disse que "os tucanos não têm autoridade para falar sobre juros". "O Gustavo Franco (presidente do Banco Central no governo Fernando Henrique Cardoso) manteve o País com câmbio fixo e com juros reais de 27,5% por três anos. Dobrou a dívida interna e vendeu 100 bilhões de reservas, patrimônio do País", afirmou o petista, ao participar da reunião da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Um comentário:

  1. Tem que ter coragem, não? Este homem não tem legitimidade para falar de nada! Muito menos de criticar o PSDB! Quando ele vai entender, que além de que sua opinião é descosiderada, ele não tem moral para falar em/para o público. É para que se veja que ele não tem noção do que fez, nem vergonha na cara. Se tivesse ficava bem quietinho onde esta.

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados