terça-feira, 11 de maio de 2010

Lula vai vetar reajuste dos aposentados após a aprovação do senado

Lula faz essa canalhisse com o apoio do Serra
APOSENTADOS VAMOS A GUERRA A LUTA CONTINUA
Hoje somos 25 mi de aposentados e dependentes que votam
Somos uma força
Reajuste de aposentados será aprovado pelo Senado
Contra Lula, a bancada do governo se uniu à da oposição
Lula inaugurou a agenda política da semana com um almoço. Dividiu a mesa com o vice José Alencar e os ministros que integram a coordenação de governo.
Discutiram o tema que mais inquieta o presidente no momento: a generosidade do Congresso com os aposentados. Decidiu-se brigar para reverter no Senado um par de medidas já aprovadas pela Câmara.
Lula Marques/Folha
Numa, reajustou-se em 7,7% as aposentadorias com valores acima do salário mínimo. Noutra, extinguiu-se o fator previdenciário, índice criado sob FHC para desestimular o pijama precoce e reduzir o valor das aposentadorias novas.
Terminado o repasto, o ministro Alexandre Padilha, coordenador político de Lula, veio à boca do palco para informar:
1. Lula não permitirá que o ambiente eleitoral contamine as arcas do Tesouro.
2. Por isso, o governo deseja reverter no Senado o que a Câmara já aprovou.
3. O Planalto abrirá negociação com senadores governistas e da oposição.
4. Parte-se do pressuposto de que ainda há espaço para a meia-volta.
Se quiser salvar os cofres da erosão, Lula terá de recorrer ao veto. Armou-se no Senado uma aliança pró-aposentados.
Alheia à vontade de Lula e ao discurso de Padilha, a bancada governista rejeita a idéia de rebaixar o reajuste a 6,14%, como quer o governo.
Quanto à oposição, vai votar de costas para a opinião do seu presidenciável, José Serra, favorável ao veto de Lula.
Fonte: http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/arch2010-05-01_2010-05-31.html#2010_05-11_07_51_14-10045644-0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados