quinta-feira, 13 de maio de 2010

Ficha limpa poderá tramitar com urgência no Senado

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse nesta quarta-feira (12) que o projeto ficha limpa, que torna inelegíveis candidatos condenados em decisão colegiada pela Justiça, poderá tramitar no Senado em regime de urgência. Nesta manhã, integrantes do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) e um grupo de deputados pediram ao presidente do Senado pressa na votação da proposta.
Renata Camargo do Congresso em Foco
O projeto teve votação concluída na noite de ontem (11) na Câmara. Sarney disse que buscará um entendimento entre os líderes para votar a urgência. Se for dado regime de urgência, o projeto irá direto a plenário, sem necessidade de passar pelas comissões. “Vou propor ao colégio de líderes para que façamos essa votação em regime de urgência”, declarou o senador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados