quarta-feira, 21 de abril de 2010

POVO DE SÃO PAULO ESSE NOME VOCÊS NÃO DEVEM ESQUECER CÂNDIDO VACCAREZZA, ELE NÃO ESTÁ MEDINDO ESFORÇOS PARA PREJUDICAR OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS!


É uma vergonha essa proposta do governo Lula através do seu líder na Câmara dos deputados Cândido Vaccarezza (PT-SP), para conceder 7,71% àqueles que recebem até três pisos, ou seja, R$ 1.395,00. Nessa faixa estão seis milhões de aposentados e pensionistas. Os outros que são 2.5 milhões, que têm benefícios acima de três salários mínimos ficariam com 6,14%, concedido em janeiro. Já os 18 milhões que ganham o mínimo receberão 9,6%. Esse aumento proposto pelo deputado Cândido Vaccarezza, é uma proposta indigna, imoral que fere a dignidade de quem trabalhou 30 a 35 anos, contribuindo pelo teto máximo e por isso é mais do que justo que tenha uma aposentadoria acima do piso. Agora sem contar que com essa atitude de aumento diferenciado por faixa, tem implicações jurídicas. E também a onde fica o princípio de equidade, que é a igualdade entre os segurados.

Esse é um lado da história que está descoberto, o outro lado é o que é o principal objetivo do governo Lula, e nós temos de pensar e agir com sabedoria. Mas qual é esse principal objetivo do governo Lula? É simples de responder, ele está querendo com essa atitude criar uma divisão entre a COBAP, as Confederações estaduais, os Sindicatos de aposentados, as Associações de Aposentados e entre os próprios aposentados e pensionistas.

O governo Lula sabe que o nosso movimento está correto, está coeso, e ele sabe também essa causa dos aposentados está se falando de Norte ao Sul e de Leste ao Oeste do Brasil, e tem mais com apoio, e isso incomoda tanto ele como a sua candidata e tem mais eles estão mais perdido do cego no meio de tiroteio.

Fonte:
http://blig.ig.com.br/jgrsmaia/2010/04/21/povo-de-sao-paulo-esse-nome-voces-nao-devem-esquecer-candido-vaccarezza-ele-nao-esta-medindo-esforcos-para-prejudicar-os-aposentados-e-pensionistas/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados