quinta-feira, 18 de março de 2010

O relógio de Chávez



Deu no Valor Econômico, em matéria sobre relógios suíços:

"A estratégia do preço em baixa parece dominar todos os produtores suíços. Relógio na faixa de US$ 300 mil, como o Celsius, precisa realmente ter movimento mecânico extraordinário e um design bem apurado. Em todo caso, há clientes para relógios caros.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, usa um relógio da marca Franck Muller, de Genebra, que custa US$ 165 mil, segundo um jornal de Zurique. Bem barato, comparado a outro modelo da mesma marca, que custa US$ 2,7 milhões."

Pois é, minha gente! Não é para quem quer, mas sim para quem pode! O socialista Chávez, com todo aquele discurso "igualitário", de "justiça social", contra os ricos, carrega um apartamento no pulso, enquanto o povo morre de fome! Eu, que abomino o socialismo, a "idealização da inveja", acho que qualquer um tem direito de comprar o relógio que desejar, pelo preço que for, SE seu dinheiro tem origem legítima, ou seja, na iniciativa privada, atendendo a demanda dos consumidores no livre mercado. Agora, um militar, que virou político, que deu um golpe, que assumiu o poder, e que discursa em prol do socialismo, usando um relógio de quase R$ 300 mil, isso é mesmo muita hipocrisia! Mas qual a surpresa? Os socialistas estão divididos entre os idiotas úteis e os safados oportunistas. Tem gente que ainda leva a sério o discurso desses socialistas. Isso sim, é um verdadeiro espanto!

Um comentário:

  1. OLÁ LORD.

    "COMUNISTA, ESQUERDISTA E AFINS" O QUE ELES MAIS GOSTAM É DA RIQUEZA. TÊM NOJO DA POBREZA EMBORA À POBREZA SEJA O MAIOR CABO ELEITORAL DESSES PUTOS.
    ABS DO BETOCRITICA.

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados