sábado, 13 de março de 2010

Lula inaugura parcialmente obra condenada pelo TCU no Paraná

Refinaria Presidente Getúlio Vargas não foi totalmente concluída e está sob suspeita de superfaturamento

Evandro Fadel - Estado de S. Paulo



























O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se antecipou ontem às críticas da oposição e tratou de justificar sua presença na inauguração de uma obra não totalmente concluída na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, e também questionada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), sob suspeita de superfaturamento. Acompanhado da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência, Lula destacou que investigações não devem afetar a criação de empregos.

"Eu fiz uma brincadeira esses dias, um fato que eu não sabia. Eu disse que nesta época do ano tem gente inaugurando até maquete", declarou Lula, enquanto os ouvintes riam. "Não sabia que o governador de São Paulo ia inaugurar uma maquete e ficou como se eu soubesse, mas eu não sabia, eu falei porque isso faz parte da cultura política do País."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados