sexta-feira, 19 de março de 2010

Bancoop: Para Dilma, revelação do esquema é 'golpe' da oposição


Pré-candidata do PT à Presidência, a ministra Dilma Rousseff classificou a revelação do esquema de desvio de recursos da Bancoop - que lesou milhares de associados para montar um esquema de desvio de dinheiro que abasteceu a campanha de Lula em 2002 - como uma tentativa da oposição de prejudicá-la às vésperas da campanha eleitoral.

O rombo provocado pelo desvio de recursos da Cooperativa Habitacional no escândalo que envolve integrantes do PT pode passar dos 100 milhões de reais. Como resultado, milhares de cooperados ficaram sem receber seus apartamentos. Para Dilma, a revelação do esquema é apenas uma tentativa da oposição de ressuscitar a crise política vivida pelo governo federal em 2005 com o escândalo do mensalão e, desta forma, influenciar o processo eleitoral deste ano.

"O pessoal está tentando, vamos dizer, trazer 2005 para a eleição de 2010, mas não acho que isso seja eficaz",
afirmou Dilma a jornalistas antes de entrar para a reunião do Conselho de Administração da Petrobras. "Acho que é pouco eficaz."

Criada com a promessa de entregar imóveis 40% mais baratos que os de mercado, a Bancoop deixou, no lugar dos apartamentos, um rastro de escombros. Pelo menos 400 famílias movem processos contra a cooperativa, alegando que, mesmo tendo quitado o valor integral dos imóveis, não só deixaram de recebê-los como passaram a ver as prestações se multiplicar a ponto de levá-las à ruína. O Ministério Público indica como principal responsável pelo esquema de desvio de dinheiro da cooperativa, seu ex-diretor financeiro e ex-presidente João Vaccari Neto, que acaba de ser nomeado o novo tesoureiro do PT.

Reportagem de VEJA desta semana revela que, além de desviar dinheiro da Bancoop, o tesoureiro do partido arrecadava dinheiro para o caixa do mensalão cobrando propina. João Vaccari agia em parceria com o ex-tesoureiro petista Delúbio Soares e sob o comando do ex-ministro José Dirceu, réu no Supremo Tribunal Federal (STF) sob a acusação de chefiar o bando dos quarenta do mensalão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados