sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Câmara tenta justificar faltas de deputados gazeteiros

Lista do 10 Maiores Gazeteiros da Câmara Federal
Fonte: Congresso em Foco
Três dias após a publicação da primeira reportagem do Congresso em Foco informando que o número de faltas dos deputados aumentou em 2009 em comparação com 2008, a assessoria de imprensa da Câmara divulgou nota por meio da qual justifica o número maior de ausências em função do “aumento da atividade parlamentar”. Segundo a assessoria, “60% das ausências em plenário foram justificadas pela participação dos deputados em trabalhos das comissões permanentes e temporárias, da Comissão Mista de Orçamento e CPIs”.
A nota – primeiramente encaminhada ao jornal O Globo, que repercutiu as duas reportagens – diz que a diferença de ausências em sessões plenárias deliberativas entre 2008 e 2009 é de “1.883 – e não de ‘mais de 2 mil’”, como mostra levantamento feito com base na página da própria Câmara. A explicação é que a Câmara tirou da conta a ausência pela presença em comissões. A nota da Câmara, porém, esquece de mencionar que, por imposição regimental, os trabalhos nas comissões devem ser suspensos para que seja cumprida a chamada “ordem do dia” (apreciação e votação em plenário dos projetos prioritários).
“A matéria omite que esse aumento acompanha também o crescimento no número de dias com sessões deliberativas: foram 115 em 2009 contra 98 em 2008, ou 18% a mais. O número de ausências cresceu no mesmo patamar, em 23%”, defende trecho da nota, que aponta cerca de dez dias de dezembro de 2008 como o período que gerou a diferença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados