quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Julgamento dos réus do mensalão - Mensalão na pauta

Gazeta do Povo (PR) - 20/1/2010 - Ricardo Marques de Medeiros
O juiz Fausto De Sanctis, da 6.ª Vara Federal de
São Paulo, começou a ouvir ontem as testemunhas de defesa da ação penal que investiga o empréstimo de R$ 10 milhões do banco BMG ao PT. A ação que tramita no STF é um desdobramento da ação penal que investiga o mensalão, que também está no Supremo e tem 39 réus. No processo sobre os empréstimos, são 11 réus, entre eles o deputado federal José Genoíno (PT-SP, foto) e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. Ainda são alvos da ação o empresário Marcos Valério, a mulher dele, Reinalda Fernandes de Souza, e os sócios Cristiano de Mello Paz, Ramon Hollerbach Cardoso e Rogério Lanza Tolentino. Ontem, foram ouvidas três das quatro testemunhas indicadas por Genoíno. Para hoje está marcado o depoimento de mais cinco testemunhas, entre elas o economista Maílson da Nóbrega e o ex-presidente da CUT João Antônio Felício. Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, o banco BMG obteve vantagens ao fazer o negócio com o PT, quando recebeu a permissão de fazer empréstimos consignados a servidores públicos e pensionistas e aposentados do INSS. Ainda segundo o MPF, a liberação de recursos pelo BMG ao PT e às empresas ligadas a Marcos Valério foi irregular porque a situação financeira deles era incompatível com o valor emprestado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados