terça-feira, 24 de novembro de 2009

José Dirceu volta à cena no PT

23 de Novembro de 2009 - AE
Em tom de conciliação, a ministra Dilma Rousseff
disse ontem que é "normal" a volta de antigos dirigentes do PT envolvidos no caso do mensalão ao comando do partido. Após votar na eleição interna da legenda, ela observou que até o momento não há uma conclusão dos julgamentos no Supremo Tribunal Federal (STF). "Acho normal que essas pessoas exerçam seus direitos políticos", afirmou. Ontem, petistas de todo o País escolheram um candidato a presidente e uma chapa para a direção partidária. O resultado sairá dentro de dois ou três dias.
A pré-candidata petista à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva avaliou que o PT está agindo corretamente ao aceitar a presença dos citados na crise que derrubou a cúpula do partido e o então ministro da Casa Civil, José Dirceu.
Em São Paulo, o ex-ministro José Dirceu negou a existência do esquema de compra de votos de parlamentares e descreveu o episódio como "caixa 2" para financiar campanhas eleitorais. Quatro anos depois da maior crise política do governo Lula, Dirceu rechaçou a tese de que seu provável retorno à direção petista signifique que o partido tenha enterrado o assunto.
Aos PETISTAS não resta vergonha na cara!

2 comentários:

  1. Normalíssimo, penso que os generais, em 69, deram um fim à ditadura. Mas essa ditadura do PT, enganou-nos. Será que vamos ter que retornar algumas casas? e voltar ao ano de 1968?

    ResponderExcluir
  2. Dilma depois que fez aquele curso de "mentirinhas", não falou mais nada que prestasse. Agora até o ministro Edison Lobão, está fazendo o mesmo curso, só que ele não é pós-graduado, não. Agora, até o Mântega tem que ir atrás do Lobão, para apagar as mentiras dele.

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados