quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Oposição consegue criar CPMI do MST no último minuto

22 de outubro de 2009, 08:33 | ROSA COSTA - Agencia Estado
A oposição conseguiu criar, um minuto antes da meia-noite de
ontem, no plenário do Congresso, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) destinada a investigar o repasse de verbas públicas a entidades que teriam ligação com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A oposição quer investigar também as denúncias de desvio desses recursos para financiar invasões de propriedades rurais produtivas e prédios públicos, como sedes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e agências bancárias. A base governista tentou montar uma blitz de retirada de assinaturas para derrubar a CPMI, mas a manobra falhou.
O requerimento de criação da comissão parlamentar é de autoria da senadora Kátia Abreu (DEM-TO) e do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS). Parlamentares de sete partidos aliados do governo Luiz Inácio Lula da Silva, entre eles o PMDB e o PTB, apoiaram o pedido.
Kátia Abreu defende quebra de sigilo de ONGs ligadas ao MST

2 comentários:

  1. OLÁ LORD.
    ALGUÉM RETIROU A ASSINATURA? SE VC SOUBER POSTA AÍ NO SEU BLOG PARA QUE POSSAMOS COPIAR E DIVULGAR.
    ABS DO BETO.

    ResponderExcluir
  2. olá lord.
    em tempo.

    PARABÉNS PELO SELO OLHOS QUE VEEM. MAIS UM DE TANTOS OUTROS QUE VIRÃO.
    MERECIDO. ABS DO BETO.

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados