quinta-feira, 15 de outubro de 2009

MST pede para não ser julgado pela versão da mídia

13/10/2009 - Edson Sardinha - Congresso em Foco
A direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) divulgou nota em que pede à sociedade que não julgue suas ações de acordo com a versão apresentada pela mídia. O movimento acusa setores da imprensa de participarem de uma articulação com os grandes proprietários rurais para criminalizar as manifestações do sem-terra e impedir a implantação da reforma agrária no país.
“Há uma clara articulação entre os latifundiários, setores conservadores do Poder Judiciário, serviços de inteligência, parlamentares ruralistas e setores reacionários da imprensa brasileira para atacar o MST e a Reforma Agrária. Não admitem o direito dos pobres se organizarem e lutarem.”

2 comentários:

  1. olá amigo lord.
    realmente o mst não merece ser julgado pela mídia e sim por nós.
    abs do beto.

    ResponderExcluir
  2. Lord : Esses caras além de serem criminosos nocivos à sociedade tem a cara de pau de mentir publicamente para pedir que a justiça distorça a verdade .Isto é um absurdo, êles nem merecem ser julgados ,pois deveriam ir direto para o pelotão de fuzilamento .
    Abraços

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados