sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Líderes do DEM e do governo trocam farpas por CPI

8/10/2009 - Mário Coelho do Congreesso em Foco
Os líderes do DEM, Ronaldo Caiado (GO), e do
governo, Henrique Fontana (PT-RS), trocaram farpas nesta quinta-feira (8) por causa da CPI do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST).
Para Caiado, as cenas da destruição do laranjal na fazenda ocupada no interior de São Paulo autorizam "todos os brasileiros" a fazerem o mesmo. Já o petista diz que a oposição quer "criar conflito". A intenção do DEM é apresentar o requerimento de criação da CPI mista novamente na próxima terça-feira (13).
"Eleitoreira como? Após ver as cenas da derrubada do laranjal, fica muito fácil saber que não é eleitoreira", afirmou Caiado. Para ele, o fato precisa ser investigado por uma CPI, pois a polícia não teria condições para isso.
"O presidente [Lula] vestiu o boné dos sem-terra", declarou. "Se permanecer impune, todo brasileiro pode fazer aquilo. Quem não tiver crédito, pode entrar num banco e quebrar tudo", acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimos não serão publicados