terça-feira, 8 de setembro de 2009

O petista-desempregado sumiu

2 de setembro de 2009 - Augusto Nunes - Veja
Ando procurando há muito tempo duas brasileirices que, como a ararinha-azul, existem oficialmente mas nunca aparecem: o entrevistado-pelo-instituto-de-pesquisa e o comunista-assumido-com-menos-de-100-anos. Conheço gente que jura ter conhecido um entrevistado pelo Ibope ou alguém que abranda a olímpica solidão de Oscar Niemeyer. Um amigo garante ter visto as duas raridades. Eu nunca vi. Só acredito vendo.
A essas obsessões somou-se há quase sete anos uma terceira: procuro um petista-desempregado. Não conheço nenhum, nem conheço quem conheça. Se os leitores também não conhecerem, a espécie será declarada oficialmente extinta. E um comício com a dupla Lula e Dilma vai festejar o sucesso incomparável do programa Desemprego Zero para a Companheirada.
Os doutores de verdade e as doutoras dilmas, os gênios da raça e os cretinos fundamentais, os que raciocinam em bloco e os repetentes de carteirinha, os primeiros da classe e os que babam na gravata, os varados de luz e os doidos varridos, os menores de idade e os caducos sem remédio, os sóbrios congênitos e os bêbados de berço ─ todos deram um jeito na vida. Ninguém ficou ao relento. Sem concursos, exames, nada. Só com o bilhete do padrinho e a cópia da ficha de inscrição do PT.

Um comentário:

  1. São covardes e desonestos mesmos....em nenhum tempo, sob nenhum partido, vimos tantos atos desonestos, de protencionismo desmedido, corruPTção de valores e desvio de conduta, sem qualquer senso ético quanto agora.

    Não tem outra classificação possivel a esses, senão como quadrilha de marginais de todas as espécies.

    Falaram tanto do papaizinho que protegia o filhinho, do mérito de se poder deixar um futuro ao filho, como se isso fosse exemplo de desigualdade...falaram tanto da coisa certa e correta...que agora nao tem mais como fugir: se é deste partido, afiliado ou apenas simpatizante, É MARGINAL!

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados