sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Indicado de Lula ao STF é condenado pela Justiça no Amapá

sexta-feira, 18 de setembro de 2009, 19:30 | Felipe Recondo BRASÍLIA
Decisão manda José Antonio Dias Toffoli e sócios devolverem R$ 420 mil aos cofres públicos - Indicado para o Supremo Tribunal Federal (STF), José Antonio Dias Toffoli e seus sócios no escritório de advocacia Firma Toffoli & Telesca Advogados Associados SC foram condenados, na semana passada, pelo juiz da 2ª Vara Cível do Amapá a devolver R$ 420 mil aos cofres públicos do Estado. O escritório de Toffoli é acusado de “conluio” com o então governador do Amapá, João Capiberibe (PSB), para firmar o contrato ilegal e receber, mensalmente, R$ 35 mil para representar o Estado nos tribunais superiores em Brasília. De acordo com o juiz da 2ª Vara Cível da Justiça do Estado Mario Cezar Kaskelis, houve afronta à Lei de Licitações e ao princípio da moralidade administrativa.

2 comentários:

  1. AMIGO LORD.
    NÃO SERÁ SURPRESA SE O LUÍS INAPTO 51 DA SILVA, CONVIDAR O ÉTICO FERNANDINHO BEIRA MAR PARA O LUGAR DO TARSO GENRO. ("MINISTRO DA (IN) JUSTIÇA")
    ABRAÇOS DO BETOCRITICA.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  2. O de sempre, em se tratando de marginais. Um marginal indica outro para o STF!!! Mais um marginal petralha que vive de desvios do erário, e em empregos de cabide...e justamente no lugar certo para livrar seus amiguinhos marginais da justiça, e poder melhor perseguir os inimigos de seu chefe, o chefe da quadrilha!

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados