quarta-feira, 30 de setembro de 2009

As Pérolas - Ficha Limpa

Michel Temer
"É preciso que um órgão colegiado, um tribunal, ateste a integridade moral da pessoa que queira se candidatar", avalia .

Miguel Martini
“No campo político, as rixas são muito acirradas. Dizer que não pode se eleger por condenação em primeira instância é complicado. Ainda na primeira instância é uma condenação duvidosa. Há casos de condenados em primeira instância que, na instância seguinte, não foram condenados”

Regis de Oliveira
“Prefiro falar em condenação em 2º grau. Não podemos cercear o direito de defesa”

Lincoln Portela
“É preciso que haja muito cuidado no exame de um projeto como esse. É justo que se analise com mais profundidade a questão da condenação em primeira instância. E também é importante analisar a questão da denúncia. Quantas pessoas já foram denunciadas e depois provaram que eram inocentes?”

Marlon Reis, (um dos responsáveis pela elaboração do Ficha Limpa) rebate o argumento de Lincoln.
“Denúncia recebida não é mero protocolo de uma denúncia. Quando colocamos denúncia recebida estamos nos referindo àquela que o tribunal reconhece como denúncia, pois tem os requisitos para ser recebida. Não é qualquer pessoa pode oferecer essa denúncia”, explica Marlon.

Um comentário:

  1. Tem uma homenagem ao seu blog la no meu!! Não se sinta na obrigação de seguir a brincadeirinha que estão fazendo entre os blogs...é apenas uma pequena homenagem.

    Abração

    ResponderExcluir

Anônimos não serão publicados